Fortaleza vence Ceará e sai na frente nas oitavas de final da Copa do Brasil

O Tricolor de Aço superou o Alvinegro de Porangabuçu por 2 a 0 e deu um grande passo para a classificação às quartas de final da competição nacional


Por Vinícius Gabriel

Com gols de Yago Pikachu, o Fortaleza venceu o Ceará por 2 a 0 no Clássico-Rei, na noite desta quarta-feira, 22, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena Castelão. O Tricolor saiu na frente para seguir vivo na competição nacional.

O jogo de volta entre as duas equipes será no dia 13 de julho, às 20 horas, também na Arena Castelão. Para se classificar para a próxima fase, o Fortaleza pode perder por até um gol, enquanto o Vozão precisa vencer por três gols de diferença. Em caso de empate no agregado, a disputa irá para os pênaltis.

O jogo

Como de costume, o primeiro tempo do clássico foi muito movimentado e de muita disputa física. O tricolor iniciou a partida mais organizado, conseguindo executar com eficiência as ideias planejadas por Vojvoda, principalmente pelo outro lado, que não tinha a presença de Mendoza, principal jogador ofensivo do Ceará. Isto fez com que a equipe leonina se sentisse mais confortável para executar a marcação alta, já que não haveria a ameaça do colombiano em eventuais contra-ataques do Vovô.

A pressão na saída de bola dificultou muito as construções do Alvinegro, principalmente nos 20 minutos iniciais, quando Yago Pikachu aproveitou a roubada de bola no campo adversário e quase abriu o placar. Além disso, a presença de três volantes na equipe do Leão fez com que o rival tivesse dificuldades para trabalhar a bola no meio-campo e atacar com eficiência.

Apesar do domínio inicial, o Fortaleza, entretanto, não conseguiu encontrar grandes chances para abrir o placar e pecou pelo excesso de erros nas conclusões dos lances, sobretudo no último passe, já que a equipe até se aproximou em boas condições da área defendida por João Ricardo.

Com isso, o Leão diminuiu a intensidade e parou de fazer a marcação alta, fazendo com que o Ceará crescesse no jogo e começasse a ter objetividade. Aos 30 minutos, em um bate e rebate, Richard Coelho aproveitou uma sobra de bola na entrada da área e finalizou com força no canto direito de Boeck, que defendeu milagrosamente. Seis minutos depois, Richardson arriscou um chute cruzado que desviou em Titi, obrigando, mais uma vez, o arqueiro tricolor a defender no contrapé.

Aos 41, foi a vez do tricolor responder. Em uma bela jogada de Moisés, que driblou Richardson, e se desvinculou da marcação de Messias, chutou forte mas foi em cima de João Ricardo, que defendeu com segurança.

No lance, Moisés sai da marcação de Richardson / Foto: Mateus Lotif / Fortaleza EC

No segundo tempo, o cenário estava igual ao primeiro tempo, porém com um domínio total dos tricolores, que realizaram uma verdadeira “blitz” no campo de defesa do Ceará. Essa pressão deu certo, pois aos 7 minutos,em uma jogada trabalhada, a bola sobrou para o artilheiro Yago Pikachu que chutou com força, meia altura, abrindo o placar.

Tentando reverter a situação, o Vozão voltou a ter as dificuldades apresentadas na etapa inicial e não conseguiu jogar bem no decorrer do jogo. Claramente sentindo o gol sofrido, a equipe se desorganizou, não levou perigo ao adversário e sofreu com as investidas do Fortaleza. 

Os alvinegros, que pecaram muito na marcação, se complicaram ainda mais na partida, pois aos 39 minutos, em um dos lances de transição rápida do Leão, Pikachu infiltrou-se na área e foi derrubado por João Ricardo, fazendo o juiz marcar o pênalti. Na cobrança, mais uma vez, Pikachu converteu a cobrança e ampliou o placar, anotando o seu segundo gol no jogo e o 17º na temporada, isolando-se na artilharia da equipe em 2022.

Desesperado, o Vovô tentou de tudo para diminuir a vantagem construída, tendo até uma ótima chance com Luiz Otávio, aos 45 minutos, mas parou mais uma vez Boeck

Fim de jogo e vitória importante para o Fortaleza, levantando a moral da equipe para os próximos desafios da temporada e abrindo uma boa vantagem para a partida de volta da Copa do Brasil. Para o Ceará, a derrota acabou com a invencibilidade de 12 jogos na temporada e obriga a equipe a, pelo menos, devolver a diferença de gols sofridos para se manter vivo na busca pela classificação no torneio.

Próximos confrontos

O Tricolor do Pici volta suas atenções para o Campeonato Brasileiro, pois, no sábado, 25, irá a Belo Horizonte enfrentar o Atlético-MG, buscando sair da zona de rebaixamento da competição. Na quinta-feira, 30, o Leão enfrentará o Estudiantes, da Argentina, pela primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores, na Arena Castelão.

Já o Alvinegro de Porangabuçu, enfrentará o Atlético-GO no domingo, 26, no Castelão buscando se recuperar no Brasileirão. Em seguida, na quarta-feira, 29, irá à Bolívia para enfrentar o The Strongest, pela primeira partida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Foto em destaque: Mateus Lotif / Fortaleza EC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php