Ceará e Fortaleza se enfrentam em jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil

O Vozão tenta dar continuidade à série invicta de 12 jogos; com Crispim reintegrado, mas fora do jogo, o Leão busca a segunda vitória seguida na temporada


Por Rodrigo Osterne

Ceará e Fortaleza se enfrentam hoje, às 20 horas, na Arena Castelão. O jogo é válido pela primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasil. O clássico marca o terceiro encontro das duas equipes neste ano. A partida de volta ocorre no dia 13 de julho, também na Arena Castelão. 

Do lado do Ceará, este será o terceiro duelo em que o alvinegro terá um treinador diferente. No primeiro clássico, empate por 1 a 1, válido pela Copa do Nordeste, Tiago Nunes estava na beira do campo. Na vitória alvinegra por 1 a 0, no Brasileirão, Dorival Júnior era o comandante. Já para a partida de hoje, o treinador Marquinhos Santos, que tem passagens pelo Fortaleza, será o técnico do Vozão.

Em sua passagem pelo Fortaleza, em 2016 e 2017, o hoje mandatário alvinegro disputou clássicos, mas este será o primeiro comandando o Vozão. “O clássico é um jogo importante. “Um jogo que mexe com a cidade. Em 180 minutos vai definir a equipe que tem mais competência para chegar às quartas de final da Copa do Brasil. Então, não é esse primeiro jogo que é decisivo, e sim o segundo jogo, por isso, temos que ter equilíbrio”, comentou Marquinhos, em coletiva após o jogo diante do Cuiabá.

O técnico Marquinhos Santos disputa seu primeiro clássico no comando do Ceará / Foto: Thiago Gadelha/SVM

Mesmo com o Leão vivendo um momento conturbado e ainda na zona de rebaixamento do Brasileirão, o volante Richardson, do Ceará, pregou que é preciso ter cautela, por ser clássico, mas também valorizou o momento vivido pelo Vozão, acumulando uma sequência de 12 jogos sem derrota. “A gente sabe que confronto mata mata tudo pode acontecer. E também tem o fato de ser clássico. É um jogo diferente que requer mais atenção, mas nós estamos bem tranquilos. Estamos fazendo bons jogos e temos uma invencibilidade boa dentro da temporada”, completou o volante, para a Vozão TV.

Do lado do Fortaleza, o momento é conturbado. Mesmo vindo de vitória diante do América-MG, pelo Brasileirão, o Leão ainda segue a 5 pontos de sair da zona de rebaixamento. Em clássicos, o Tricolor do Pici ainda não venceu o rival neste ano. São uma derrota e um empate. 

No Fortaleza desde maio de 2021, o treinador Juan Pablo Vojvoda já disputou oito clássicos, dos quais em dois saiu vitorioso. “São partidas muito especiais, pois é um clássico e porque sabemos o que significa este jogo para o estado. Vão ser duelos muito disputados. Torcedores de Ceará e Fortaleza, vão desfrutar e sofrer, como todo clássico. Essa é a paixão do futebol cearense, e essa paixão tem que continuar”, comentou Vojvoda, em entrevista para TV Leão.

O treinador Vojvoda busca a sua terceira vitória em clássicos / Foto: Caio Rocha/ Gazeta Press

O meia Lucas Crispim foi reintegrado ao elenco tricolor ontem, 21, após ter sido afastado por ter realizado uma festa de aniversário em meio a um momento turbulento vivido pelo Leão. No entanto, para o duelo diante do alvinegro, Vojvoda optou por não relacionar o meia de 28 anos.

Prováveis escalações

Com Vina de volta e Mendoza fora, o treinador Marquinhos Santos, do Ceará, deve entrar em campo com: João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Richardson, Richard Coelho e Fernando Sobral; Vina, Lima e Cléber.

Ainda sem Crispim – já reintegrado – e com Renato Kayzer afastado, o argentino Juan Pablo Vojvoda deve entrar em campo com: Marcelo Boeck; Ceballos, Benevenuto e Titi; Pikachu, Zé Welison, Felipe, Lucas Lima e Juninho Capixaba; Moisés e Silvio Romero.

Foto em destaque: Aurélio Alves/ O Povo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php