Em clássico tenso e com confusões, Ceará vence Fortaleza em jogo atrasado do Brasileiro

Times entraram em campo pressionados por suas torcidas para que dessem uma resposta no campo e reagissem no campeonato


Por Matheus Moreira

Fortaleza e Ceará fizeram nesta quinta-feira, 1º, um clássico de muita importância para os dois clubes. Cada um deles estava na Z4 e precisava da vitória para dar uma respirada na tabela. Melhor para o alvinegro que venceu por 1 a 0, com gol do atacante Cléber, nos acréscimos do primeiro tempo.

O primeiro tempo começou com o Tricolor fazendo pressão. Yago Pikachu encontrou Moisés livre que teve finalização travada por Messias. Só que o jogo começou a ser parado por conta de sinalizadores da torcida do Fortaleza e, aos 15 minutos, em uma falta feita por Richardson iniciou-se uma confusão entre os jogadores e depois de revisão do VAR, o juiz Bráulio da Silva Machado expulsou o volante Felipe por agressão ao volante Richard Coelho, deixando o Leão com um a menos.

Na retomada do jogo, Moisés ainda teve outra chance de gol depois de driblar alguns jogadores, mas acabou finalizando para fora. A partir daí, o Ceará começou a tomar as ações do jogo e, aos 29 minutos, Erick pegou uma sobra mas finalizou para fora. Aos 35 minutos, Cléber finalizou para boa finalização do goleiro Marcelo Boeck. Um minuto depois, Richard Coelho encontra Vina que marca, mas o volante estava impedido na jogada.

Clebér comemora o gol que deu a vitória ao alvinegro / Foto: Thiago Gadelha/SVM

O Ceará seguia com a bola. Lima recebe de Vina e manda de longe no travessão. Depois deste lance, o jogo esfriou. O alvinegro seguia com a bola, mas sem conseguir oferecer perigo ao gol tricolor. Por causa dos sinalizadores e da confusão gerada com os jogadores, o árbitro colocou dez minutos de acréscimo, e foi justamente nesse tempo que o Vovô conseguiu seu gol, com bela assistência de Vina. Clebão finalizou no canto e inaugurou o placar. No lance, o atacante levou um cartão por tirar a camisa.

Na volta do intervalo, o Ceará se manteve embalado pelo gol no final do primeiro tempo e criou algumas chances. Depois de dez minutos passados, o Leão enfim conseguiu reagir e, em boa jogada de Lucas Lima, o meia deixou para o centroavante Silvio Romero, que finalizou mal e a bola foi para fora. Logo depois, Robson, que entrou no lugar de Romero, também finalizou para fora. Com o passar do jogo, os dois times criaram algumas chances, mas sem alterar o placar. Até que, no fim do jogo, Pikachu teve a chance numa falta e João Ricardo espalmou para escanteio. Na cobrança, o arqueiro conseguiu fazer outra defesa e assegurou a vitória para o alvinegro.

Vina comemorando após a vitória / Foto: Thiago Gadelha/SVM

Retomada e desfalque 

O jogo marcou o retorno do volante Fernando Sobral, que estava afastado dos gramados há alguns meses por conta de uma lesão. Sobral entrou na volta do intervalo, no lugar de Richardson. Só que também teve um lance negativo. Aos 15 minutos de jogo, o zagueiro Luiz Otávio sentiu a coxa e deu lugar a Gabriel Lacerda.

Sobral volta aos gramados depois de longo tempo / Foto: Thiago Gadelha/SVM

O Ceará emplacou a quinta vitória consecutiva em cima do rival Fortaleza no Campeonato Brasileiro. O retrospecto traz ainda dois empates e duas vitórias do tricolor.  Isto mostra a soberania do alvinegro na competição, e o desempenho muito em conta do atacante Clebão, tão criticado pela torcida.  Ele é o artilheiro do clássico no Brasileiro, com quatro gols.

Situação na Tabela

Com o resultado negativo, o Tricolor do Pici segue sem vencer na competição e continua na lanterna com apenas dois pontos na tabela, precisando urgentemente pontuar para sair da crise. Já o Alvinegro de Porangabussu, com a vitória, conseguiu sair da zona de rebaixamento e alcançou a 15ª posição na tabela. 

Foto em destaque: Thiago Gadelha/SVM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php