“Das Que Ousaram Desobedecer”: um espetáculo sobre ditadura, memória e resistência feminina no CE

A montagem da Cia. Bravia está em cartaz nos fins de semana de maio no Teatro Dragão do Mar e, embalada num viés sensível e poético, traz relatos reais das presas políticas dos anos da repressão no Brasil


Por Marília Brizeno

A partir de uma pesquisa iniciada em 2020, a Companhia Bravia constrói a narrativa do espetáculo, a partir de relatos das presas políticas e dos registros da Comissão Especial de Anistia Wanda Rita Othon Sidou. Sob  direção de Herê Aquino, as histórias de mulheres como Ruth Cavalcante, Rita Sipahi, Rosa da Fonseca, Nadja Oliveira, Helena Serra Azul, Jana Barroso e Beliza Guedes colocam a figura feminina à frente da dramaturgia enquanto recriam a memória censurada do governo militar. 

No espetáculo, que reafirma que o pessoal é também político, as atrizes Liliana Brizeno, Marina Brito e Marina Brizeno dão vida às histórias traçadas por mulheres que lutaram contra a censura política nos anos da ditadura militar, quebrando o estigma machista e reafirmando o espaço feminino na construção da resistência. Com duração de 60 minutos, no palco se desconstrói a ideia de que as mulheres da época deveriam estar fadadas ao trabalho doméstico e onde se afirma que a mulher é capaz de assumir a linha de frente no combate à retirada de direitos de sua época.

Os relatos de vida se misturam às músicas que marcaram a trajetória e a época dessas mulheres na caminhada pela liberdade, como “Coração Vagabundo” e “Menina Amanhã de Manhã”, contando também com músicas autorais da companhia de teatro. Os arranjos das musicistas Gigi Castro e Letícia Marram compõem o time e frisam o viés poético na construção da resistência em cena. A iluminação cênica construída por Aline Rodrigues e com assistência técnica de Fernanda Azuka estabelece em tom intimista – e por vezes intimidador -, a atmosfera do período brasileiro através da penumbra, do jogo de sombras e dos tons quentes.

  • Foto: Tim Oliveira

Os ingressos podem ser retirados na bilheteria do Teatro Dragão do Mar ou na plataforma Sympla Bileto, no evento de mesmo nome do espetáculo, que acontece sempre às 20 horas.

Foto em destaque: Pattie Silva


Ficha Técnica

Direção: Herê Aquino; 

Dramaturgia: Criação Coletiva; 

Tratamento final da dramaturgia: Marina Brito e Herê Aquino; 

Atrizes: Liliana Brizeno, Marina Brito e Marina Brizeno; 

Musicistas: Gigi Castro e Letícia Marram 

Iluminação: Aline Rodrigues; 

Cenário: Herê Aquino e Klebson Alberto; 

Figurino: Lara Leôncio e Marina Brizeno;

Maquiagem: Netinho Nogueira; 

Produção: Marina Brito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php