Grupo Mirante retorna aos palcos com peça “Tarsila” no Teatro Celina Queiroz

O espetáculo acontece para celebrar a vida da artista e comemorar os 100 anos da Semana de Arte Moderna 

Por Samantha Kelly

O Grupo Mirante de Teatro Unifor retorna aos palcos com a peça “Tarsila” após dois anos longe dos palcos. O espetáculo fica em cartaz de 13 a 15 de maio, no Teatro Celina Queiroz. O espetáculo faz parte das comemorações do centenário da Semana de Arte Moderna, que aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo, em fevereiro de 1922. Tarsila do Amaral é um dos grandes nomes do Modernismo, além de ser uma das integrantes do “Grupo do Cinco”, conjunto de artistas fundamentais para a realização da semana de 22.

Com o texto de Maria Adelaide Amaral e direção de Hertenha Glauce, o principal objetivo da peça é trazer a história dessa grande artista, com seus sonhos, desafios, decepções, amores e dores, tornando-a tão humana. As personalidades que completam o quinteto são Anita Malfatti, Mário de Andrade, Menotti Del Picchia e Oswald de Andrade, são artistas que estiveram presentes na manifestação artístico-cultural de um século atrás. 

Desde 2016, o Grupo Mirante interpreta a vida e a obra da artista Tarsila do Amaral / Fotos: Ares Soares

O espetáculo é encenado pelo Mirante desde 2016.  A ideia de montar “Tarsila” surgiu durante uma exposição no Espaço Cultural Unifor, onde o acervo apresentado era do então chanceler Airton Queiroz, com várias obras modernistas. “Ele nos convidou para esse desafio e aceitamos prontamente. Muito desafiador montar um texto tão complexo como este da Maria Adelaide Amaral. Ao mesmo tempo muito prazeroso, por nos deixar tão próximos da história de vida dessa grande artista e de outros como Oswald de Andrade, Mário de Andrade e Anita Malfatti. É uma história biográfica muito bem escrita, onde tive a honra de dirigir”, explica Hertenha Glauce, coordenadora do grupo.

Desde a primeira apresentação da peça, o Grupo Mirante de Teatro já encenou “Tarsila” em diferentes lugares, como Theatro José de Alencar e  Teatro São José, em Sobral (CE). E a última vez que o espetáculo entrou em cena foi em 2019, pois a pandemia impossibilitou a realização de exibição durante dois anos, e seu retorno aos palcos acontece em um período de celebração.

Tarsila é o primeiro primeiro espetáculo a ser encenado no Teatro Celina Queiroz, desde a eclosão da pandemia de covid-19

“A expectativa é grande para o retorno da peça, não só porque estamos há mais de dois anos sem apresentações do Grupo Mirante de Teatro Unifor no teatro, mas também porque reapresentar Tarsila é sempre uma honra, principalmente no ano do centenário da Semana de Arte Moderna. Muita emoção e até estranhamento para esse reencontro com a plateia, mas estamos muito feliz”, concluiu Hertenha, coordenadora do Grupo Mirante e diretora da peça. 


Serviço:

Espetáculo Tarsila, encenada pelo Grupo Mirante de Teatro Unifor

Quando: 13,14 e 15 de maio (sexta e sábado às 20 horas e domingo às 19 horas)

Onde: Teatro Celina Queiroz 

Ingresso: R$ 40 (inteira)/ 20 (meia)

Conforme Decreto n° 34.722, de 30 de abril de 2022, do Governo do Estado do Ceará, é obrigatória a apresentação de Passaporte Sanitário ( comprovante físico ou digital de esquema vacinal completo) e documento de identificação com foto para acesso ao teatro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php