Ceará vence e se classifica sob protestos de torcedores contra a diretoria

Jogando contra o Tombense, time cearense faz um gol em cada tempo e se garante nas oitavas do torneio

Por Matheus Moreira

O Ceará jogou ontem, 11, contra o Tombense na partida de volta válida pela terceira fase da Copa do Brasil, venceu pelo placar de 2 a 0 com gols do atacante Lima e  do lateral Nino Paraíba e se classificou para as oitavas de final da competição. Na ida, o Ceará já havia vencido por 2 a 0 e terminou com placar agregado de 4 a 0. Com isso, o clube arrecadou três milhões por avançar de fase e já arrecadou 7,67 milhões ao todo, desde a primeira fase.

O primeiro tempo foi pouco movimentado. O Ceará tinha mais a posse da bola, mas pecava na hora da definição da jogada. Com isso, sempre perdendo muitas chances de tentar o gol perto da grande área. Já o Tombense ficava pouco com a bola. Tentava mais contra-ataques, muitos iniciados  em erros cometidos pelo time do Ceará no campo de ataque, mas sempre parando no goleiro João Ricardo. Só que depois dos 30 minutos, o Ceará conseguiu construir uma boa jogada entre Lima e Mendoza, que acabou na finalização e gol de Lima.

Já para o segundo tempo, o técnico Dorival Júnior resolveu fazer três substituições no intervalo: saiu o zagueiro Lucas Ribeiro para a entrada de Marcos Victor, e dos jogadores responsáveis pelo gol, Lima e Mendoza, para a entrada de Geovane e Iury Castilho, respectivamente. 

Mesmo com estas mudanças, o cenário do jogo não se alterou muito com o Ceará tendo mais a bola, mas não conseguindo criar muitas chances de gol e o Tombense até tentava atacar mais, por precisar vencer o jogo, já que tinha perdido a primeira partida. Só que continuava sem oferecer muito perigo ao arqueiro do time cearense. Aos poucos o time mineiro foi deixando mais espaços e a qualidade superior do alvinegro aparecia mais. Por volta dos 33 minutos, em boa trama no ataque, o lateral direito Nino Paraíba surge bem para marcar um bonito gol e sacramentar a classificação à próxima fase.

Este jogo também marcou a estreia do jovem zagueiro da base David Ricardo. Ele entrou no fim do segundo tempo no lugar do também zagueiro da base, Gabriel Lacerda. Houve ainda o protesto da torcida ao longo do primeiro tempo.

Nino Paraíba no momento do segundo do Ceará no jogo / Fotos: Kid Júnior

Protesto contra a diretoria

Antes da bola rolar, a torcida organizada Cearamor marcou um protesto contra a diretoria do Ceará. Durante os primeiros quinze minutos, a torcida ficou sentada, sem cantar para apoiar o time e, um pouco antes do intervalo, os torcedores começaram a sair das arquibancadas e torcer pelo time no setor interno do estádio. Os torcedores só voltaram para as arquibancadas no segundo tempo quando, enfim, começaram a cantar para apoiar o time em meio às críticas que faziam contra a diretoria.

Protesto da torcida contra a diretoria e o presidente Robinson de Castro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php