A experiência teatral no Curso Princípios Básicos de Teatro do Theatro José de Alencar

Com 30 anos de atividades gratuitas, o CPBT tem a proposta de acolher jovens e adultos interessados em iniciar seus estudos e práticas teatrais

Por Amanda Damasceno

Os atores e professores João Andrade Joca e Paulo Ess criaram o Curso de Princípios Básicos de Teatro (CPBT) em parceria com a Secretaria da Cultura, Secretaria da Educação do Ceará e o Theatro José de Alencar, em 1991. Com o  intuito de ensinar práticas teatrais para jovens e adultos, o curso tem na sua grade curricular a carga horária total de 365h/aula, distribuídas em quatro módulos: “Arte e Cidadania”, “Introdução à Arte de Representar”, “Introdução à História do Teatro” e “Pesquisa e Montagem de Espetáculo”.

O CPBT oferece três turmas anuais, no período manhã, tarde e noite ministradas pelos professores Juliana Vera, João Andrade Joca e Neidinha Castelo Branco, respectivamente. Para Jocélia Carlos,  jornalista e ex-aluna, que participou da produção e atuou no espetáculo teatral “Toró”, em 2019, dirigido por Neidinha Castelo Branco, o sentimento após a estreia  para ela é algo mágico . “Depois da estreia vem para além do dever cumprido, a sensação imensa de felicidade.”

Ela também destaca a dificuldade passada por ela durante o percurso até finalizar o curso e o prazer de colocar em prática aquilo estudado durante esse período “A maior dificuldade do curso é exatamente o seu aspecto positivo de conviver com tantas diferenças, porque acontece durante o processo muitos embates em prol da defesa de cada um pelo seu ponto de vista”, ressalta Jocélia,

Para Jocélia Carlos, o teatro  é sempre mágico: “estar no palco me trás um sentimento que não sei descrever em palavras” – Espetáculo Toró / Foto: Arquivo pessoal

O ex-aluno e monitor Baruque Teixeira  relata como funciona a aprendizagem do curso. “São quatro módulos com trabalhos teóricos e práticos sobre teatro e cada módulo é eliminatório.” Para ele, a sua experiência foi algo fundamental para seu crescimento no cenário teatral. Sua participação no curso foi em 2018, no espetáculo Tempo Zero, com direção de Juliana Veras. Teixeira lembra o seu sentimento após a estreia. “ Meta concluída e aconchego no coração. Agora arregaço a camisa, pois é só o começo.” O monitor  também declara que o desempenho do aluno é de desenvolvimento pessoal. “Acredito que tendo entrega do aluno, não há dificuldade… depende de cada pessoa.”

As inscrições para o CPBT são feitas no Theatro José de Alencar conforme início de cada turma anual. Para mais informações: (85) 3101-2583 / 3101-2586 ou acesse o instagram @tja.theatrojosedealencar.

A paixão pela arte e o desejo de se profissionalizar na área foi o que despertou interesse de Baruque no curso – Espetáculo Tempo Zero / Foto:  Arquivo pessoal

Foto em destaque: Arquivo Pessoal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php