No Dia do Jornalista, professores e estudantes debatem a guerra entre Rússia e Ucrânia

Curso de Jornalismo promoveu evento para discutir o conflito entre os países europeus e também proporcionou a conexão com os estudantes com a presencialidade no campus


Por Amanda Damasceno e Sarah Esmeraldo

Uma manhã de debates e apresentações, com o intuito de reconectar os estudantes do jornalismo da Universidade de Fortaleza. Este foi o pensamento do curso de Jornalismo ao comemorar o Dia do Jornalista, neste 7 de abril. A programação contou com a participação de alunos e professores, como forma de fortalecer as relações entre os universitários, além de reforçar o papel de grande importância do jornalista na sociedade. 

Logo às 7h30min, a Biblioteca da Universidade abriu as portas para homenagear os jornalistas. O cerimonial foi conduzido pela aluna de jornalismo, Júlia Meira. Na abertura, as boas-vindas aos estudantes e professores foram do professor Wagner Borges, coordenador do curso de Jornalismo. Ele citou  a importância da reconexão dos alunos com o curso e com os colegas.

Professor Miguel Macedo, aluna Júlia Freitas e o professor Jari Vieira apresentam o News Link / Fotos: Vinicius Costa

Com o intuito de aprofundar a narrativa do evento, dois professores da Universidade de Fortaleza foram convidados para debater sobre a guerra na Ucrânia: Philippe Gidon, de Relações Internacionais, e Carlos Velázquez, do Jornalismo. Tema que vem sendo debatido mundialmente, foi escolhido por ser atual e possuir várias formas de abordagem. Os professores fizeram com que os alunos presentes refletissem tanto sobre o papel do jornalista atualmente, quanto sobre a visão filosófica de como a guerra afeta o mundo.

 O evento também contou com a presença da professora Aíla Sampaio, que explicou o funcionamento da disciplina Ateliê de leitura e produção textual. Ela apresentou o novo projeto de literatura no jornalismo, que consiste em um aprofundamento da disciplina, trabalhando jornalismo com cinema e com literatura, por ser uma disciplina de leitura, escrita e fala, e tem como suporte dois monitores.

Alunos do curso de jornalismo da Universidade de Fortaleza prestigiando o debate

 Um dos momentos importantes da programação foi a apresentação do NewsLink. Laboratório de prática e extensão, é o portal de notícias do curso de Jornalismo da Universidade de Fortaleza comandado pelos professores Miguel Macedo, Alejandro Sepúlveda, Jari Vieira e a professora Kátia Azevedo, além de Aldeci Tomaz, jornalista e ex-aluno da universidade e atualmente responsável pelo design do NewsLink. O portal tem o propósito de criar experiência na prática do jornalismo, produzindo materiais jornalísticos escritos pelos alunos, sob a coordenação dos professores.

Como parte do programa, houve a apresentação do  Núcleo de Estudo e Pesquisa em Comunicação Empresarial (Nepce), que tem a gestão do professor Wagner Borges, com participação dos professores e pesquisadores de jornalismo, Carlos Eduardo Bittencourt e Delano Cordeiro, que apresentaram como funciona o núcleo. Eles apresentaram um  estudo sobre o conflito entre Rússia e Ucrânia, a partir de notícias publicadas em diferentes veículos de comunicação e como se comportaram, utilizando uma análise semântica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php