Projeto Render-CE contempla o artesanato histórico de Moita Redonda, em Cascavel

Iniciativa idealizada por Renata Queiroz Jereissati, em conjunto com a Universidade de Fortaleza e o Shopping Iguatemi, tem o objetivo de valorizar a produção artesanal cearense e chega à segunda edição

Por Taisy Evangelista

“Em um momento de tanta dificuldade, acho que a gente tem que reagir com vida, com trabalho, com alegria”. Foi assim que a professora Renata Santiago Freire iniciou a oficina Imersão, nesta terça-feira, 23, que faz parte projeto Render-CE, uma parceria da Universidade de Fortaleza com a Loja do Bem, do Shopping Iguatemi.

O objetivo do projeto é reverenciar e dar visibilidade ao artesanato cearense, unindo a teoria e prática com diferentes técnicas e experiências entre os acadêmicos da universidade. Esta edição visa a dar suporte aos artesãos da região da Moita Redonda, do município de Cascavel, na Região Metropolitana de Fortaleza. A proposta é promover a industrialização inclusiva e sustentável, a inovação e a visibilidade do artesanato.

Na segunda edição do projeto, a tipologia trabalhada é barro, cipó e macramê. Seguindo o mesmo modelo da primeira edição, os alunos, juntamente com artesãos irão elaborar um produto. “O projeto propõe uma parceria entre o aluno e o artesão. Eles vão criar, de forma colaborativa, um produto que será comercializado na Loja do Bem”, explicou a professora Priscila Medeiros, coordenadora do curso de Design de Moda. O resultado das obras culminará, também, em uma exposição no Shopping Iguatemi, ao fim do trabalho, em janeiro.

 Alunos da Unifor e artesãos de Cascavel trocam conhecimento durante oficina / Fotos: Rafael Barros

Com o sucesso do projeto piloto, essa nova edição não se restringe apenas ao curso de Design de Moda. Hoje ele contempla toda a Universidade, tendo como principais participações os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Marketing e Engenharia de Produção. “Ele começou como um projeto pequeno e hoje atende a vários alunos e professores”, lembra Priscila.

Para Karol Moreira, professora do curso de Design de Moda, a troca de experiência entre os alunos e artesãos é incrível. “O aluno entra com o saber mais técnico, com muitos sonhos e muitos ideais e o artesão vem com o saber do cotidiano, histórico”, comenta.

Ela também pontua que o artesanato é uma tradição familiar, passado de pai para filho e que o projeto valoriza a participação de todos. “Nesse treinamento está sendo oferecido esta oportunidade de convivência, para alunos e artesãos juntos. Fizemos questão de ser assim”, afirma.

“É uma experiência inédita. Geralmente a gente faz as peças mas não tem essa teoria”, afirma o artesão Francisco Otávio, ou Nildo, como é conhecido pela comunidade, o presidente da Associação dos Moradores de Moita Redonda. “É bom porque a gente vai aprender, ao mesmo tempo que a gente vai ensinar. Isso é bom porque é uma troca de conhecimentos”, pontua.

“O que a gente precisa é ser visto”, conta Francisco Otávio sobre o artesanato de Moita Redonda

Quando questionado sobre a importância da valorização do artesanato cearense, que o Projeto Render-CE busca, desde o início de sua criação, dar visibilidade às obras e técnicas, Nildo explicou a dificuldade sentida pela comunidade para ser notada. “Moita Redonda não está no mapa. Muitas vezes a gente dá a localização e as pessoas não acham”. Ele também destaca o apagamento sofrido na própria região. “Vários outros artistas famosos têm as nossas peças e muitas vezes o nosso vizinho nem conhece”. Nildo elogia a forma de trabalho dos artesãos “Eles estão dispostos a criar, a inventar, a se entregar pra fazer qualquer tipo de peça”.

Para o estudante Luan, aluno do quarto semestre do curso de Moda, a participação no projeto é uma experiência singular, já que, segundo ele, é uma vivência que não ocorre com frequência para além da Universidade. “É muito bom ter a oportunidade de fazer esses trabalhos em contato com artesãos que já trabalham há trinta anos na área”. Luan também considera que é uma oportunidade para se aprofundar no artesanato local e que pretende se inscrever novamente no próximo semestre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php