Eugênio Mussak reflete sobre razão e sensibilidade com a influência do digital

O educador foi o quarto nome nas Palestras Magnas do Mundo Unifor 2021. Os outros convidados foram André Carvalhal, Edgar Morin e Ana Paula Araújo. Todos tiveram mais de 100 espectadores simultâneos

Por Gabriel Gago

A Universidade de Fortaleza abriu espaço para o médico, professor e empresário brasileiro, Eugênio Mussak, na noite desta terça-feira, 19. Considerado pelas revistas Veja e Exame um dos palestrantes mais requisitados do Brasil, Mussak representou a temática do Mundo Unifor deste ano, “Razão e Sensibilidade: as travessias possíveis”, apontando os desafios em manter o equilíbrio entre essas duas vertentes, principalmente no mundo contemporâneo, que enfrenta dificuldades geradas pela pandemia.

“Aquilo que nos causa prazer, ou nos causa sofrimento, são os momentos onde mais aprendemos. Estamos começando a sair, felizmente, de um período de dor, mas que proporcionou novas competências. Por exemplo, a capacidade de trabalhar e estudar à distância, também de saber a importância da solidariedade e da compaixão para toda a humanidade”, declarou.

Durante a palestra, abordou questões importantes do cotidiano, como a influência do mundo digital, que acarretou em mudanças na forma de se comunicar, aprender, se divertir e, especialmente, de se integrar ao mercado de trabalho. “Hoje, as pessoas são contratadas pelas suas competências técnicas. Entretanto, elas são demitidas por suas incompetências comportamentais”.

Em uma de suas falas, citou o vencedor do Prêmio Nobel da Economia em 2002, Daniel Kahneman, mostrando que os mais diversos tipos de comportamentos dos seres humanos interferem na economia de um país, uma cidade, familiar ou pessoal.

“O que nos leva a fazer compras? Vamos ao shopping center para comprarmos algo que precisamos ou desejamos?”, questiona. “Somos mais emocionais do que racionais, mas o mundo quer que sejamos o contrário”, completa. Natural de Curitiba, 72, Mussak é casado com Luciana, pai de quatro filhos, graduado em Medicina pela Universidade Federal do Paraná, com especialização em Fisiologia Humana, disciplina da qual foi professor e pesquisador. Autor de 13 livros, já produziu centenas de artigos.

O evento de ontem contou com a mediação de Ana Mattos Brito de Almeida, docente em Saúde Coletiva nos cursos do Centro de Ciências da Saúde (CCS) da Unifor, e participação extra da representante dos alunos de Farmácia da Unifor, Josy Mary, atualmente no quinto semestre. A palestra teve duração de 1 hora e 19 minutos, realizada de maneira virtual, respeitando todas as normas de segurança.

A cada dois anos, o Mundo Unifor acontece, com o objetivo de propagar visões científicas e culturais de mentes atuantes no cenário nacional e internacional para debater diferentes temas. Esta é sua 10ª edição. A programação prossegue até dia 23 de outubro.

Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

css.php