Alessandra Oliveira lança livro infantil em homenagem aos 100 anos de Paulo Freire

Professora e doutora em educação, ela é uma estudiosa da obra de um dos mais influentes educadores brasileiros, que ajuda a ler a realidade e compreender a história como algo possível

por Pedro Rocha —

Neste domingo, 19, um dos pensadores mais citados no mundo completaria 100 anos do nascimento. O ano do centenário do pernambucano Paulo Freire, patrono da educação brasileira, tem sido marcado por homenagens e celebrações, no Brasil e no mundo. Um dos aspectos significativos da obra de Freire é sua utilização junto aos movimentos populares.

Como forma de reconhecimento do legado do escritor, a professora da Universidade de Fortaleza, jornalista e doutora Alessandra Oliveira lança o livro ‘Ester conhece Paulo Freire’. Em parceria com o designer Cauex Pascoa, a autora buscou passar os ensinamentos de Paulo Freire nas páginas do livro de forma lúdica e delicada. O livro foi publicado pela Baioque, editora independente de Fortaleza.

Livro infantil ensina princípios educacionais de Paulo Freire / Foto: Arquivo pessoal

O livro conta a história de uma garota que acredita ter o poder da invisibilidade, mas a professora dela propõe uma nova atividade que transforma o seu mundo. Dalva e Ester são as protagonistas do livro. A professora Dalva usa em seus ensinamentos os princípios adotados por Paulo Freire, como utilizar os conhecimentos prévios dos alunos, perguntar no lugar dar ordens, incentivar o diálogo durante o ensino e levar em consideração as individualidades de cada aluno para o desenvolvimento de um mundo melhor.

Segundo a autora, Ester conhece Paulo Freire é um livro para crianças de todas as idades. Fala de superação, faz homenagem ao patrono Paulo Freire e a todos os educadores freireanos e gera identificação em crianças e adultos.

Alessandra diz que resolveu ingressar no universo infantil após o nascimento do seu filho Jonas. “Quando entrei de licença maternidade, comecei a ler muita literatura infantil em voz alta para o Jonas. Me deu vontade de escrever livros infantis para ele. A partir daí, resolvi mergulhar nesse universo”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php