Bem-estar: Cinco alongamentos simples para fazer antes de começar o dia

por Yasmin Vasconcelos 

Em tempos de pandemia, a diminuição da atividade corporal tornou-se algo que entrou para rotina de milhares de pessoas pelo mundo. No entanto, exercitar o corpo é  muito importante para a nossa saúde física e mental. 

Vale lembrar que devemos ter cuidado com os tipos de alongamentos e exercícios que realizamos. Fazê-los sem a supervisão de profissionais da área pode ser perigoso e causar lesões. 

Entendemos que o alongamento vai muito além do relaxamento. Ele nos ajuda a evitar desconfortos causados pela má postura, aumenta a nossa flexibilidade que, com o passar dos anos, vamos perdendo e auxilia na circulação sanguínea. 

Para quem não tem costume, sair da cama todos os dias para realizar alguma atividade física pode ser difícil e é por isso que trouxemos cinco alongamentos para fazer antes de começar o dia. Mas lembre-se: a nossa dica principal é sempre respeitar os limites corporais e nunca forçar um movimento ou posição. Conheça o seu corpo! 

Abraçar os joelhos

Um dos alongamentos mais fáceis que podemos fazer é o simples ato de abraçar os joelhos. Ainda deitado de costas na cama, traga os dois joelhos até a região do peito e abrace-os. Se mantenha nessa posição até sentir o alongamento natural da lombar e das coxas. 

(crédito: canva)

Extensão da perna para o alto

Comece com o corpo completamente ereto na cama. Tente ao máximo relaxar nessa posição. Após isso, traga apenas uma perna para o alto, o máximo que conseguir, sem dobrar o joelho. Tente segurar por alguns minutos e repita com a outra. Por fim, suba as duas juntas e segure por cerca de 30 segundos. 

(crédito: canva)

Alongamento do pescoço

Alongar o pescoço é uma das melhores sensações que podemos ter para relaxar. Para isso, ponha uma das mãos ao lado da cabeça e puxe-a para o lado. O objetivo é tentar encostar a orelha no ombro. Fique nessa posição por volta de 30 segundos. Após isso, repita com o outro lado e faça movimentos circulares com o pescoço para finalizar. 

(crédito: canva)

Alongamento do tronco: 

Esse alongamento está muito presente na prática da yoga. Ele pode ser executado por pessoas de qualquer idade, incluindo gestantes. O ideal é fazê-lo sentado, de pernas cruzadas, seja na cama ou no chão e com o apoio de um colchonete ou tapete. Apoie a mão direita no chão, esticando a outra ao mesmo tempo que inclina o tronco para o lado esquerdo, assim, alongando a lateral do torso. Lembre-se de repetir o processo para o outro lado. 

(crédito: canva)

Alongamento de punhos e mãos

Por fim, o último alongamento é dedicado especialmente para quem trabalha em home office. Passar o dia sentado em frente à tela do computador pode causar consequências para o corpo. É importante regularmente alongar os punhos e as mãos, evitando lesões por esforço repetitivo e tendinite na região. Esse alongamento consiste em  esticar um braço para frente, com a palma da mão para fora e puxá-la para trás com a outra. Busque se manter assim por trinta segundos, repetindo com a outra mão o mesmo movimento. Após isso, faça o alongamento agora com a palma da mão virada para dentro.   

(crédito: canva)
(crédito: canva)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php