Times de futebol investem nos esportes eletrônicos

Por Matheus Bantim

Com a ascensão do e-sports, competições organizadas de jogos eletrônicos, nos últimos anos, times de futebol começaram a crescer os olhos para essa nova modalidade esportiva. Assim, clubes bastante tradicionais como Flamengo, Corinthians e Santos fizeram grandes investimentos no  jogo eletrônico League of Legends, produzido pela Riot Games.

Créditos: Divulgação/Santos HotForex e-Sports Twitter Time de League of Legends do Santos

O pioneiro nesse cenário foi o Santos, que se vinculou com a equipe Dexterity em 2015, mas depois de dois anos, sua parceria teve um fim. Atualmente, o clube paulista tem seu próprio time, conhecido como Santos E-Sports e disputou o Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL), ficando na quinta posição na classificação geral. Santos anunciou que irá voltar a disputar a liga principal do Tom Clancy’s Rainbow Six Siege, outro jogo eletrônico que tem um grande público no cenário do E-sports, esse produzido pela Ubisoft.

 

Créditos: Divulgação/Riot Games /
Equipe da RED Canids Corinthians comemora vitória no CBLOL

O Corinthians entrou no cenário em 2017 firmando uma parceria com a Red Canids, time tradicional no League of Legends. Porém, em março do ano seguinte, a parceria foi desfeita.  No aniversário de 110 anos, o clube passará a ser o primeiro a ter um setor físico para o futebol virtual.

“Ficamos muito felizes em contar com essa nova estruturação e ampliação no Futebol virtual, que é vital para a continuidade e perenidade de nossas equipes de Esports. Apesar de já contar com o Felipe Mestre como primeiro atleta do segmento e depois com a já vencedora equipe de FreeFire, ter o pé, ou melhor as mãos, na modalidade que é nosso core business principal era algo natural para um mercado competitivo que está cada vez mais desenvolvido”, disse Alex Watanabe, gerente de Marketing do Corinthians, em live realizada na comemoração dos 110 anos do clube.

Créditos: Divulgação / Riot Games /
Time do Flamengo levantando o troféu de campeão do CBLOL

O Clube de Regatas do Flamengo entrou no cenário dos E-sports com um time de League of Legends em 2017, quando anunciou a contratação da maior estrela do cenário brasileiro, Felipe “Brtt” Gonçalves. O primeiro título do clube chegou em 2019, depois de ficar no quase duas vezes seguidas. Recentemente, realizou uma péssima campanha no campeonato, ficando na sexta posição.O time era considerado um dos favoritos ao título brasileiro.

Além do League of Legends, outro game em alta é o Free Fire, battle royale desenvolvido pela 111dots Studio e publicado pela Garena, o Clube de Regatas do Flamengo anunciou o seu time na modalidade, com a presença dos jogadores Matheus “Modestia” Henrique, Reinaldo “Reei” Ramos, Kauê “Kauelok” da Silva, Vinicius “Minuzzi” Mello e o técnico Wandrez “Machado” Machado.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php