5 + livros escritos por autores negros

  Por Viviane Ferreira

Infelizmente, devido ao contexto sociocultural, ainda existe o apagamento sistemático de produções feitas por grupos minoritários. Por esta razão, pouco se sabe das elaborações dessas pessoas que se encontram em uma desvantagem social. Diante desta  realidade, o  movimento negro, é um dos grupos que vem lutando cada vez mais para ganhar um maior espaço na sociedade.

Quebrando as barreiras do preconceito, alguns autores negros foram ganhando notoriedade e expandindo suas obras e ideias.  Por isso, o Jornalismo Nic, resolveu listar e indicar  5+ livros escritos por autores negros que você precisa conhecer.

Confira a lista:

Pequeno Manual Antirracista

Capa do livro “Pequeno Manual Antirracista”, da autora Djamila Ribeiro.

Escrito pela mestra em Filosofia Política e feminista negra, Djamila Ribeiro, seu livro traz a realidade e reflexões para o leitor sobre problemáticas envolvendo o racismo estrutural. Nos 10 pequenos capítulos em que o livro é composto, a autora propõe ideias e caminhos para o autoconhecimento e adoção de práticas antirracistas.

Mulheres, Raça e classe

Capa do livro “Mulheres, Raça e Classe”, da autora Angela Davis.

 

O livro é considerado uma das obras mais importantes da professora e filósofa, Angela Davis. Seu livro traz um olhar crítico diante a realidade da luta anticapitalista, feminista, antirracista e anti escravista. Por abordar todas essas questões, o livro é considerado um clássico sobre a interseccionalidade.

 –  Clara dos anjos

Capa do livro “Clara dos Anjos”, do autor Lima Barreto.

Afonso Henrique Lima Barreto é considerado um dos mais importantes escritores brasileiros. Em seu livro “Clara dos anjos”, pertencente ao pré-modernismo brasileiro, o autor mostra os problemas sociais da contemporaneidade que já atingia as pessoas no passado. Temas como racismo, pobreza, desigualdade social, fome, corrupção, analfabetismo e injustiça fazem parte do cotidiano dos personagens  criados pelo autor.

 –  A negação do Brasil: o negro na telenovela brasileira

Capa do livro “A negação do Brasil: o negro na telenovela brasileira”, do autor Joel Zito Araújo.

Cineasta, pesquisador e doutor em Ciências da Comunicação, Joel Zito Araújo, faz uma análise em seu livro sobre a telenovela brasileira no período 1963-1997, o autor mostra como os negros são representados e estereotipados pela mídia, e quais são as consequências destas representações nos processos de formação identitária no país.

 –  Becos da memória

Capa do livro “Becos da Memória”, da autora Conceição Evaristo.

O livro escrito por Conceição Evaristo é um dos mais importantes romances memorialistas da literatura contemporânea brasileira. Por meio dos seus personagens, a autora traz à tona a complexidade e os sentimentos profundos de quem passa por situações cotidianas de desamparo, preconceito, fome e miséria. Com seu lirismo e delicadeza, a autora põe em pauta questões profundas da realidade da sociedade brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php