Projeto criado por universitárias visa capacitar profissionais

por Yasmin Olivier, Letícia Lavor e Marina Lustosa 

O Brasil registrou 12,9 milhões de desempregados só no primeiro trimestre do ano de 2020, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de desemprego é referente às pessoas que não estão trabalhando, mas que procuram emprego. As oportunidades de entrar no mercado de trabalho, que vive em constante mudança e crescimento tecnológico, não afetam as pessoas de baixa renda, que buscam empregos excludentes e segregadora.

Pensando nisso, as alunas universitárias Yasmin Olivier, Letícia Lavor e Marina Lustosa criaram o Projeto Esfera. Servindo de plataforma para pessoas que buscam a profissionalização e adentrar no mercado de trabalho que exige domínio da tecnologia, o projeto objetiva capacitar futuros profissionais com educação de qualidade gratuita e de baixo custo. 

O projeto foi feito como trabalho da disciplina de Intercursos II, ofertada para alunos do Centro de Comunicação e Gestão (CCG) da Universidade de Fortaleza, ministrada pela professora Helena Cláudia Fernandes dos Santos. De acordo com a professora, a proposta da disciplina é, a partir de um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) defendidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), pensar em uma proposta de um projeto para pôr em prática com um ou mais objetivos.

O “Projeto Esfera” tem como base o ODS número oito, “Trabalho decente e Crescimento econômico”, que busca até 2030 promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, o emprego pleno e produtivo e o trabalho decente para todos. Para saber mais sobre o projeto, clique na imagem abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php