Projeto Dona de Mim aposta no empoderamento das mulheres

Por Larissa Evangelista e Viviane Ferreira

 

Diariamente, milhares de mulheres brasileiras são agredidas por seus companheiros(as) e, em vários casos, são vítimas de feminicídio. De acordo com dados do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMDH), durante a pandemia, a violência contra a mulher aumentou 40% no Brasil. No entanto, de acordo com reportagem do portal Isto É, essas estatísticas não correspondem com a realidade, pois muitas mulheres acabam não denunciando ou fazendo boletim de ocorrência por estarem refém dos agressores e isoladas socialmente.

Dentro desse contexto de violência contra a mulher, as alunas do curso de Jornalismo da Universidade de Fortaleza Viviane Ferreira e Larissa Evangelista idealizaram o “Projeto Dona de Mim”. A iniciativa teria como objetivo ajudar psicologicamente mulheres vítimas de violência doméstica e também dar oportunidades de ingressarem no mercado de trabalho para conquistar independência financeira, pois muitas delas são dependentes financeiramente de seus parceiros (as) e agressores (as).

O projeto foi feito como trabalho da disciplina de Intercursos II, ofertada para alunos do Centro de Comunicação e Gestão (CCG) da Universidade de Fortaleza, ministrada pela professora Helena Cláudia Fernandes dos Santos. De acordo com a professora, a proposta da disciplina é, a partir de um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), desenvolvidos pela Organização das Nações Unidas (ONU), pensar em uma proposta de um projeto para pôr em prática um ou mais objetivos.

O “Projeto Dona de Mim” tem como base o ODS número cinco, “Igualdade de Gênero”, que busca até 2030 alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas. Para saber mais sobre o “Dona de Mim” , clique na imagem abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php