Projeto busca distribuir auxílio emergencial para poetas

Por Julliana Braga

 

A economia criativa – setor que abrange áreas diversas como arte, cultura, tecnologia e mídias – é um dos âmbitos que mais vem sofrendo impacto durante a pandemia do coronavírus. É o que aponta João Luiz de Figueiredo, coordenador do mestrado profissional em gestão de economia criativa da Escola Superior de Propaganda e Marketing, a ESPM. Segundo o especialista, o prejuízo nesse setor, que responde por 2,64% do PIB brasileiro, pode ultrapassar os R$ 100 bilhões.

Agravada pela ausência de políticas públicas voltadas a essa problemática, a recessão econômica que varre o contexto nacional, empurra para o epicentro da crise artistas em circunstâncias financeiras vulneráveis.

Foi a partir desse cenário que nasceu o projeto p-o-e-s-i-a.org, crowdfunding de arrecadação de fundos para distribuição de bolsas emergenciais destinadas a poetas, cuja coordenação tem a assinatura de Sergio Cohn (46), poeta e editor brasileiro, e Beatriz Azevedo, compositora e multi-artista.

Banner de divulgação do projeto. Foto: Divulgação.

A iniciativa nasceu de uma comissão colaborativa entre poetas, leitores e professores com o objetivo de beneficiar, dentro da meta inicial de R$ 20 mil, sete poetas no período de seis meses. A proposta de criação de uma rede de apoio ao revigoramento da poesia brasileira conta ainda com conselheiros a nível de autores como Conceição Evaristo e Chico Buarque.

Para além do momento atual, o auxílio prestado pelo projeto tem também sua estrutura organizada em outras etapas como a edição de revistas, portal digital e divulgação de editais. Para os interessados em contribuir com quantias a partir de R$20, as possibilidades de financiamento estão distribuídas em três modalidades: poeta-associado, apoiador e apoiador institucional. Os apoiadores irão receber as revistas mensais do projeto, em versão digital e/ou impressa, além de ter seus nomes publicados como apoiadores e/ou poetas-associados na revista e nas plataformas digitais.

A estudante Beatriz Pimenta. Foto: Arquivo pessoal.

Para uma das financiadoras do crowdfunding, Beatriz Pimenta, a iniciativa é mais do que uma simples ajuda aos artistas impactados pela atual crise sanitária, é um ato de fortalecimento da poesia brasileira.“A cultura tem sido alento em todos os momentos da minha vida. Está mais do que na hora de nos unirmos em prol da poesia brasileira”, comenta.

Aos interessados em se inscrever, é pedido uma justificativa para a necessidade da bolsa. Também será possível indicar poetas que por algum motivo não possam se candidatar. Os beneficiados serão selecionados por um grupo de jurados. Para mais informações, acesse https://benfeitoria.com/poesia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php