5+ séries de comédia para se divertir na quarentena

por Marina Brasil

Em tempos de pandemia e notícias difíceis nos telejornais e na web, algumas pessoas buscam por uma espécie de alívio. Como o momento é de nos mantermos em isolamento social e protegidos em casa, devido ao novo coronavírus, tem momentos que chega a ser complicado saber o que fazer com tanto tempo livre. Pensando nisso, o Jornalismo NIC listou cinco séries de comédias para quem pretende relaxar e se divertir durante a quarentena.    

The Office

Série “The Office”. Foto: Reprodução.

Disponível na Globo Play e no Amazon Prime Video, essa icônica série completou 15 anos em 2020, porém, se mantém atual e consegue nunca perder a graça. A narrativa se passa em uma companhia de papel, com personagens hilariantes, cativantes e bem construídos. Apesar do exagero cômico, é impossível não se identificar com alguns dos momentos da série que conta com 9 temporadas. As atuações são brilhantes e conseguem passar com naturalidade a rotina do escritório, que envolvem discordâncias, vários momentos de vergonha alheia, romance entre funcionários, reuniões, “festas da firma” e alguns momentos de tédio, mas obviamente, de uma forma muito engraçada. “The Office” popularizou o estilo de série gravada como falso documentário e é extremamente premiada, tendo em seu portfólio quatro Emmys e dois Globos de Ouro, dentre outros.

Fleabag

Pôster da série “Fleabag”. Foto: Reprodução.

Também disponível no streaming da Amazon Prime Video, “Fleabag” é uma dramédia (termo que consiste na junção entre drama e comédia) britânica, escrita e interpretada pela atriz Phoebe Waller-Bridge. São apenas duas temporadas com episódios de em média 20 minutos, ou seja, é perfeita para quem busca maratonar. O enredo consiste na vida de uma mulher de 30 e poucos anos, que já passou por algumas perdas e vem enfrentando uma crise financeira, além de também ser cercada de relacionamentos conflituosos. Porém, ela lida com tudo isso da maneira mais engraçada possível. A personagem conversa diretamente com o telespectador e os diálogos são dinâmicos, irônicos e abusam do humor britânico.  A série é bem transgressora e não existe tabu com sexo, apesar de não conter cenas de nudez.  Fleabag conquistou dois Emmys, por melhor série de comédia de 2019 e melhor comediante feminina, e dois Globos de Ouro pelas mesmas categorias. 

Arrested Development

Pôster da série “Arrested Development”. Foto: Reprodução.

Disponível na Netflix, “Arrested Development” aborda a vida de uma família disfuncional da Califórnia. Os Bluth têm grande força no ramo imobiliário, mas o patriarca da família, George Bluth, é preso por sonegação de imposto de renda e por suspeita de ser amigo do Saddam Hussein. Com o pai na cadeia, o filho Michael Bluth assume a responsabilidade de cuidar dos negócios e da família ao mesmo tempo. Ele precisa enfrentar a sede de luxo de Lucille, sua mãe alcoólatra, e também precisa lidar com os seus irmãos: Lindsay (que é uma perua como a mãe), Gob (que sonha em ser um grande mágico) e Buster (o filho mimado pela mãe que não cresceu). “Arrested Development” chega a ter uma pitada nonsense, mas é muito divertida. A série foi um sucesso de críticas e conta com um elenco fantástico em suas interpretações humorísticas. Já ganhou 5 Emmys e 1 Globo de Ouro.

Girls

Pôster da série “Girls”. Foto: Reprodução.

Lançada em 2012 pela HBO e agora disponível no streaming HBO GO, “Girls” é uma série de comédia criada pela roteirista e cineasta Lena Dunham, que também atua como uma das protagonistas. Apesar do cenário da série se passar em Nova Iorque, você pode deixar o glamour de lado, pois, na realidade, o que Girls deseja mostrar ao espectador são os perrengues de jovens adultas que estão tentando dar certo na vida. As personagens erram, passam por pequenas humilhações do cotidiano, lidam com frustrações e descobertas, mas sempre em situações carregadas de humor. A série também trata de temas importantes como: empoderamento feminino, abandono familiar e doença psicológica. O roteiro foi pensado para se tornar o mais fiel possível à juventude atual. As protagonistas são cativantes e vão amadurecendo ao decorrer das temporadas, mas o elenco coadjuvante é também sensacional, com destaque para o ator Adam Driver (História de um casamento). “Girls” ganhou dois Emmys, por melhor elenco em 2012 e melhor ator coadjuvante em 2016, e também conta com dois Globos de Ouro por melhor série de comédia e melhor atriz em série de comédia.

Shippados

Pôster da série “Shippados”. Foto: Reprodução.

“Shippados” é uma série brasileira de comédia criada pela diretora e roteirista Fernanda Young (falecida em 2019) em parceria com o seu marido, Alexandre Machado para a GloboPlay. A série é protagonizada pelos comediantes e atores Tatá Werneck e Eduardo Sterblitch. “Shippados” tem a premissa de dois jovens adultos que acabam se cruzando em um bar após os seus respectivos encontros, marcados por meio de um aplicativo de namoro, darem muito errado. Dessa conexão, os dois protagonistas buscam entender como é viver e se relacionar em um mundo onde tudo é mediado por aplicativos e redes sociais. A sintonia e naturalidade dos atores é um dos pontos fortes da série, além do texto impecável e do timing de piadas certeiro. “Shippados” conta com 12 episódios, com cerca de meia hora cada, e garante boas gargalhadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php