DCE Unifor traz debate sobre mulheres na política

por Viviane Ferreira e Sarah Viana

De acordo com o Mapa Mulheres na Política 2019, um relatório da Organização das Nações Unidas e da União Interparlamentar, apenas 15% do número de cadeiras da Câmara dos Deputados são ocupados por mulheres. Para debater sobre a temática, a palestra “A atuação das mulheres na política” trouxe como convidadas a professora de Direito da Universidade de Fortaleza, Tainah Sales, a vereadora de Horizonte (2005-2008) Jô Farias e Erika Loka, ativista da cultura, educação, da luta antiproibicionista e antimanicomial.

A deputada de Horizonte 2005-2008) Jô Farias. Foto: Viviane Ferreira.

Apesar de existir a atuação das mulheres na política, os números ainda são baixos comparados aos homens que estão na atividade. Por essa razão, a vereadora Jô Farias achou importante falar desta realidade em espaços como a universidade. “Falar sobre mulheres na política é um tema muito importante, principalmente no momento que a gente está vivendo do empoderamento da mulher, onde se fala muito sobre cultura machista”, explica.

As palestrantes mostraram diversas perspectivas a respeito do assunto, expondo a realidade e suas vivências como mulheres no campo da política. Temáticas como a história da luta das mulheres para obter direitos na constituição, machismo, aborto e as formas como são feitas as políticas públicas em relação à mulher enriqueceram o debate. 

A estudante Adhele Santiago. Foto: Reprodução.

Adhele Santiago, uma das estudantes presentes na palestra, achou fundamental abordar essas questões através de mulheres que estão na área política. “Achei a palestra muito interessante, a composição da mesa foi bem diversificada. Superou minhas expectativas, já que eu estudo essa temática e contribuiu muito para reflexões de possibilidades futuras de trabalho”, disse. 

 

 

A poesia da luta feminista

O I Simpósio Multidisciplinar sobre Direitos das Mulheres, promovido pelo Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade de Fortaleza (Unifor), realizou diversas palestras com temáticas voltadas para a realidade das mulheres na contemporaneidade. O público foi convidado para o encerramento na sede do DCE, que presenciaram uma apresentação musical de uma banda formada por mulheres, estudantes de Medicina da Universidade de Fortaleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php