Neide Duarte: grandes histórias e ensinamentos da profissão

Por Ariadna Medeiros

 

A conceituada jornalista, com quase 40 anos de carreira, Neide Duarte, trilha seu caminho com muitas histórias e grandes reportagens na bagagem. Responsável por cobrir o Movimento “Diretas Já” e o processo de Impeachment do presidente Fernando Collor, a repórter da Globo concedeu entrevista para o Jornalismo Nic contando sobre os desafios da profissão e suas vivências. 

Com as fake news colocando a imprensa em questão e o atual momento de divisão política no país, a repórter afirma que, apesar de hoje todo mundo se sentir jornalista ao postar opiniões e informações em suas redes sociais e aplicativos de mensagem instantânea, deve-se priorizar a apuração jornalística ética e responsável feita pela imprensa. “As pessoas acham que, quem dá aquela opinião, tem o mesmo nível de apuração, comprometimento, responsabilidade e de ética de um jornalista de uma imprensa livre e responsável”, afirma. 

Um dos ensinamentos passados por Neide é de que a produção é parte fundamental para que um bom material seja entregue para os telespectadores. E para conseguir a atenção do público e boa audiência, é fundamental que seja apresentada uma matéria bem construída. “Produção é tudo! Como você vai chegar em um local para gravar sem saber de nada?”. 

Uma das características de Neide é sua curiosidade. Por causa dela, a jornalista até pensou em ser detetive, mas em uma visita ao jornal Folha de S. Paulo, na época da escola, a fez mudar de opinião ao sentir o cheiro da tinta misturada ao papel do jornal que estava sendo produzido.

Certeza na profissão 

A necessidade de conhecer novos assuntos em pouco tempo é um dos desafios do jornalista e a repórter da Globo comenta que já passou por isso diversas vezes. Esse é um dos motivos pelo qual, se ela pudesse escolher de novo a sua profissão, ela continuaria sendo jornalista. “Você tem que aprender e aprender em uma hora. Quando o avião da Airfrance caiu na água e eu fui entrevistar um oceanógrafo da USP, eu fiquei louca pra saber mais sobre essas coisas do mar”. 

Sua carreira é marcada por diferentes personagens que, segundo Neide, são parte fundamental para contar uma boa história. “Sem eles, não existe uma grande história. Eles que vão trazer emoção”, assegura. 

Confira abaixo a resposta de Neide Duarte sobre as fake news e a dificuldade atual da imprensa em ter credibilidade: 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php