Que a fé não costuma faiá: A fotografia experimental como representação do cearense por meio da religião

Por Foto Nic: Raquel Galiza

A Melhor Fotografia Artística do Brasil, vencedora do 42º Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (Intercom).

Segundo a aluna premiada Iara Pereira:

‘O que a fé não costuma faiá’ retrata um projeto que move a importância do regionalismo cearense de uma forma poética e sensível através da fotografia artística. Experimentando sair da zona de conforto e observar novos métodos de criar a fotografia trazendo um objeto simbólico cheio de riquezas culturais. Foi um trabalho muito gratificante e, principalmente, poder levar o Ceará para outros estados do país foi enriquecedor, sentimento de missão cumprida. Que venham os próximos com mais desafios e que possamos cada vez mais experimentar a fotografia como ciência e fonte de pesquisa.

Produção Transdisciplinar: Fotografia Artística

Título: Que a fé não costuma faiá: A fotografia experimental como representação do cearense por meio da religião

Autores: Iara Maria Pereira (Publicidade e Propaganda – UNIFOR); Icaro Heron Ferreira da Costa (Publicidade e Propaganda – UNIFOR); Pedro Nobrega Vidal (Jornalismo – UNIFOR)

Orientador: Jari Vieira Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php