A essência da felicidade e os pequenos prazeres da vida

Por Thomás Regueira

 

No modelo de sociedade atual, os relacionamentos entre as pessoas são bastante rápidos e superficiais, enriquecer é o desejo de muitos e nas redes sociais queremos mostrar só o melhor das nossas vidas (mesmo que estejamos tristes). Com um estilo de vida desse tipo, deixamos passar diversos pequenos prazeres que a vida proporciona e esquecemos o que é realmente importante para nós.

É sobre esse tema que o filme “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, premiado filme francês de 2001 retrata a essência da felicidade que há na vida. O longa recebeu cinco indicações ao Oscar e ganhou dois prêmios BAFTA, fora outros prêmios.

No modelo de sociedade atual, os relacionamentos entre as pessoas são bastante rápidos e superficiais, enriquecer é o desejo de muitos e nas redes sociais queremos mostrar só o melhor das nossas vidas (mesmo que estejamos tristes). Com um estilo de vida desse tipo, deixamos passar diversos pequenos prazeres que a vida proporciona e esquecemos o que é realmente importante para nós.

É sobre esse tema que o filme “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”, premiado

Cartaz do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain. Foto: Divulgação

filme francês de 2001 retrata a essência da felicidade que há na vida. O longa recebeu cinco indicações ao Oscar e ganhou dois prêmios BAFTA, fora outros prêmios.

A vida de Amélie Poulain e os acontecimentos retratados no filme nos fazem parar para refletir sobre nossas próprias vidas, nossos desejos e nossos prazeres. Toda a simplicidade, os pequenos prazeres e as diversas outras emoções da história conseguem ser transmitidas para os espectadores.

A trilha sonora e a direção de fotografia do filme possuem bastante destaque. Todas as músicas foram de autoria do músico e compositor francês Yann Tiersen, que transmitem calma e transportam para os cenários de Paris. “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” é um grande marco do cinema francês.

Sinopse

Amélie Poulain (Flora Guiet) teve uma infância bastante traumática. Seu pai, Raphael Poulain (Rufus), não tinha contato nenhum com a filha, apenas quando ia examinar sua saúde uma vez por mês. Durante esses exames, Amélie ficava muito nervosa e seu coração acelerava, o que levou o pai a pensar que tivesse problemas cardíacos, privando-a de ir à escola e brincar com outras crianças.

Ela foi educada em casa, pela mãe, Amandine Poulain (Lorella Cravotta), uma mulher extremamente nervosa e neurótica, que acaba morrendo em um trágico acidente.

Agora já adulta, Amélie (Audrey Tautou) trabalha como garçonete em um café no subúrbio parisiense Montmartre. As únicas alegrias que possui na vida são jogar pedras na água, quebrar o açúcar de um crème brulée (sobremesa francesa) e reparar em detalhes que ninguém observa.

No entanto, um dia, sua vida muda completamente ao descobrir uma caixinha com vários brinquedos que um menino havia escondido, muitos anos atrás, dentro da parede do banheiro de Amélie. Ela então decide devolver a relíquia para seu dono anonimamente. Quando o homem encontra seus brinquedos de infância, se emociona. A partir desse feito, Amélie encontra seu propósito de vida em ajudar as pessoas ao seu redor e depois acabar encontrando seu verdadeiro amor.

Confira abaixo o trailer legendado de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”: 

 

Ficha Técnica

Filme: O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

Ano: 2001

Duração: 122 minutos

Origem: França

Gênero: Comédia Romântica

Diretor: Jean-Pierre Jeunet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php