Mais que uma tendência, sustentabilidade é necessária

Por Henrique Freire, Laís Maia e Dirceu Pontes

Na prática, a sustentabilidade está definida como a capacidade que o indivíduo ou um grupo de pessoas tem em se manterem dentro de um espaço ambiental sem causar impactos. Apesar do termo estar associado diretamente ao meio ambiente e a tudo que o envolve, não está limitado somente a esta área. A sustentabilidade também está relacionada a outros setores da sociedade como a economia, a educação e a cultura.

A necessidade de melhorias de vida remete a sociedade a pensar e agir de forma sustentável. A tecnologia está em constante evolução, fazendo com que ela trabalhe não só a favor do ser humano, mas também a favor do meio em que vive e do ambiente.

É através desse conceito que os recursos naturais são utilizados de forma inteligente e são preservados para as gerações futuras, garantindo uma melhor qualidade de vida.

Imagine Açaí: sabor sustentabilidade

Aviso da Imagine Açaí. Foto: Henrique Freire, Laís Maia e Dirceu Pontes

Mudar o mundo através de ações simples do dia a dia: esse é o lema da Imagine. O projeto tem como objetivo ir muito além de um negócio gastronômico, ele pretende realizar uma série de ações simultâneas que estimulam a sociabilidade, o amor, a gentileza, respeito às pessoas e à natureza.

Entre as medidas adotadas pelos empresário e idealizador Marcelo Vieira, 35, estão a de aceitar abraços como parte do pagamento do açaí e a de direcionar, mensalmente, parte do lucro das vendas para uma entidade beneficente. 

Marcelo Vieira. Foto: Henrique Freire, Laís Maia e Dirceu Pontes

Com o objetivo de gerar consciência ambiental, após o cliente tomar o açaí, ele recebe uma semente de girassol para ser plantada no potinho, junto com uma terra adubada e usando o regador da loja, podendo levar para casa ou deixar na jardineira da loja.

Além disso, a pessoa pode adquirir outros tipos de sementes em uma venda sem supervisão. Basta deixar o dinheiro no potinho de pagamento e retirar o troco em um potinho ao lado.

“A ideia é que as pessoas se conheçam, se conectem, se respeitem cada vez mais, praticando a cultura do amor e da gentileza, e passem a acreditar que juntos e através de pequenas ações é possível tornarmos o mundo um lugar melhor”, explica Marcelo.

As grandes empresas e o impacto ambiental

A questão da sustentabilidade vai além da preocupação com o meio ambiente e bem estar social. Consumidores cada vez mais conscientes ambientalmente exigem uma mudança de postura.

Devido ao impacto, empresas passaram a acrescentar ações sustentáveis em seus projetos. Mais do que mostrar preocupação com o meio ambiente, a iniciativa tornou-se um diferencial competitivo, que gera economia e agrega valor à marca.

Definir diretrizes sustentáveis, questionar modelos antigos e trazer o tema para os valores empresariais são ações que se tornam cada vez mais comuns pelas empresas que atuam no mercado. Segundo uma pesquisa realizada pela revista Exame com mais de 140 empresas, 84% avaliam anualmente seus impactos ambientais e 45% desenvolvem pesquisas e inovam para utilizar os recursos de forma mais eficiente.

Além disso, um estudo realizado pelo instituto de pesquisa e opinião pública Market Analysis, revelou que as ações positivas alavancam a reputação das empresas. Segundo os dados levantados, os principais fatores considerados pelo público são:

    • Atuação ambiental responsável (34,1% das menções);
    • Evidências de comportamento ético e transparente (18,2% das menções);
    • Iniciativas sociais (17% das menções).

Esta matéria foi produzida na disciplina de Jornalismo Digital, confira o link original clicando na imagem abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php