“La La Land” mostra confronto entre sonhos e realidade

Por Laís Maia

“La La Land – Cantando Estações” conta a história do pianista de jazz Sebastian (Ryan Gosling) e da aspirante a atriz Mia (Emma Stone), que se apaixonam enquanto buscam oportunidades para suas carreiras em Los Angeles, também conhecida como a cidade dos anjos. O casal tenta fazer o relacionamento amoroso dar certo enquanto perseguem fama e sucesso.  

Mia abandonou a faculdade e foi para Los Angeles com a intenção de realizar o sonho de virar atriz. Apesar do talento, ela fracassa em todos os testes que faz. Já Sebastian se apresenta diariamente em bares e aspira ter um clube de jazz. Enquanto os dois não estão romanticamente envolvidos, tudo está perfeito. Porém, mesmo após se relacionarem, continuam atrás do seu objetivos profissionais e o amor vai sendo deixado de lado.

O filme tem início no inverno e narra as quatro estações em que os dois passam juntos.  Cada estação demarca mudanças das fases da vida e decisões do casal. O figurino adota essa mesma lógica cronológica, indicando, inclusive, o amadurecimento de Mia durante esse processo: as cores primárias extravagantes de antes da fama e as cores sóbrias depois do sucesso.

O musical “La La Land”  bateu o recorde de vitórias no Globo de Ouro, vencendo sete categorias, incluindo melhor canção por “City of Stars”, o tema central que exemplifica a filosofia do filme. O longa recebeu várias críticas positivas e foi considerado um dos melhores filmes de 2016.

Sobre sonhos

O longa de Damien Chazelle fala sobre amor incondicional e sacrifício pessoal. Sobre sonhos que nascem, morrem e se transformam. O musical começa  “Another Day Of Sun”, uma música que fala sobre o quão difícil as coisas podem ser para os sonhadores mas que, mesmo após um dia ruim, sempre haverá novos recomeços.

O filme mostra ainda como a realidade, por um lado, pode ser frustrante, já que eles escolheram o que mais importava para ambos. Dessa forma, Chazelle consegue comparar de forma poética sonho e realidade, transmitindo a mensagem de que se os sonhos unem, eles também podem separar.

Ficha técnica

Filme: La La Land – Cantando Estações
Ano: 2016
Duração: 128 min
Direção: Damien Chazelle

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php