Exposição de arte moderna chega ao Espaço Cultural Unifor

Por Isabella Campos

A Fundação Edson Queiroz, apresenta a exposição “Arte Moderna na Coleção Fundação Edson Queiroz”, que reúne algumas das mais importantes obras de arte moderna criadas por artistas brasileiros, ou radicados no Brasil, no período de 1920 a 1960. A mostra conta com 77 obras e está em exposição no Espaço Cultural Unifor desde 21 de março até 11 de agosto de 2019, com acesso gratuito.

Durante os últimos 30 anos, a Fundação Edson Queiroz vem formando uma das mais importantes coleções de arte brasileira, contendo obras de todos os períodos artísticos. Com a curadoria de Regina Teixeira de Barros, a exposição de arte moderna, que aborda os momentos iniciais do modernismo brasileiro até a aproximação das tendências contemporâneas, já percorreu alguns estados do brasileiros como São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba e Rio de Janeiro e chegou a atravessar o oceano para ser exposta em Lisboa (Portugal) e Roma (Itália), desde 2015.  

A exposição

A exposição começa percorrendo os chamados “anos heróicos” do modernismo brasileiro, a década de 1920, apresentado por obras de Anita Malfatti, Di Cavalcanti, Vicente do Rego Monteiro e Victor Brecheret. Grande parte dos artista da primeira geração modernista, residiu algum tempo na Europa, onde entraram em contato com as vanguardas históricas e nelas se inspiraram. Alguns artistas dessa geração, também se interessavam por refletir idéias de “brasilidade”, o debate nacionalista girava em torno da recuperação de elementos nativos.  

Nas décadas de 1930 e 1940, surgem os chamados “artistas-professores”, como Alberto da Veiga Guignard, Alfredo Volpi e Ernesto Fiori. Essa época foi marcada por acomodação das linguagens modernista, mesmo sendo menos evidenciada, contém obras fundamentais para entender a história da arte moderna no país.

O último segmento da exposição, que trata da década de 1960, contém obras de artistas que fizeram experimentações com diversos materiais e a abstração informal.    

Destaques da mostra

Obra “Duas Amigas”, de Lasar Segall, presente na exposição “Arte Moderna na Coleção Fundação Edson Queiroz”

A obra símbolo da exposição é a “Figura sentada entre flores”, do pintor lituano radicado no Brasil, Lasar Segall,  nome importante do movimento modernista brasileiro. Na mostra, outro quadro de Segall também é destaque, a obra “Duas Amigas”, que é referência da fase expressionista do artista. Além da exposição, o visitante pode adquirir o catálogo da mostra na loja do Espaço Cultural com reproduções das obras da exposição.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php