Projeto Pau de Arara retorna à região do Cariri

Por Letícia de Medeiros

A 13ª edição do Projeto Pau de Arara aconteceu entre os dia 17 e 20 de dezembro de 2018. O projeto levou 40 alunos da Universidade de Fortaleza (Unifor) à Nova Olinda, região do Cariri, para registrar por meio de imagens e vídeos a riqueza cultural e histórica do local. O Cariri já foi destino do Pau de Arara, em 2015, quando os alunos registraram a Fundação Casa Grande pela fotografia .

O coordenador do projeto, Jari Vieira, 39, afirma que a volta ao local tem como intuito devolver tudo o que já havia sido realizado em 2015. “Se você prestar atenção na expressão “tirar fotos”, estamos retirando daquele local. Então, assim como nós tiramos, estamos aqui para devolvê-las neste Pau de Arara no Cariri”, explica. Nesta edição, além de montarem a exposição na Fundação, os alunos conheceram a Lira Nordestina, o ateliê do Sr. Espedito Seleiro e o Horto de Padre Cícero.

Lira Nordestina

Considerada uma das editoras mais importantes do Brasil no ramo da literatura de cordel, a Lira Nordestina passa por mudanças atualmente, garantindo o retorno das atividades da gráfica como importante instrumento da cultura popular. “O nome foi indicado por Patativa do Assaré e a Lira começou em 1936, a partir de José Bernardo. Nós [direção da gráfica] mantemos até hoje pelos cuidados da Universidade Regional do Cariri (URCA), funcionando atualmente no centro multifuncional da região”, explica José Lourenço, 54, diretor artístico.

Fundação Casa Grande

Exposição das imagens feitas pelo Pau de Arara na edição de 2015. Foto: Mabel Freitas.

Criada em 1992 por Alemberg Quindins, a Fundação Casa Grande – Memorial do Homem Kariri, é uma organização não-governamental que tem a objetivo de formar crianças e jovens protagonistas em gestão cultural por meio de seus programas: Memória, Comunicação, Artes e Turismo. O projeto visitou a fundação em razão da renovação do Sagrado Coração de Jesus, que ocorre anualmente em 19 de dezembro. O evento é realizado na entrada da Casa Grande e tem propósito de renovar a ligação com o Sagrado Coração de Jesus com cantos, rezas e pedidos.

A exposição de imagens feitas pelo projeto Pau de Arara, em 2015, foi uma das atrações do evento. “Montar a exposição e depois ver as pessoas prestigiando foi uma das coisas mais gratificantes que eu já vivi. Ver fotos do Projeto expostas em um evento de extrema importância para a Fundação nos traz uma sensação de missão cumprida e nostalgia, mesmo para aqueles que estão participando do projeto pela primeira vez. Foi lindo observar as crianças se reconhecendo nas fotos, rindo e lembrando desse dia”, conta Clara de Carvalho, 18, estudante de Jornalismo.

Conheça o som da banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto, uma das atrações do Sagrado Coração de Jesus:

 

Horto do Padre Cícero

O  monumento é ponto mais visitado de Juazeiro do Norte, o local no alto da colina era usado pelo próprio Padre Cícero Romão para retiro espiritual. Turistas visitam a estátua e circulam o cajado três vezes, na esperança de alcançarem uma graça. “Cheguei em uma urna para colocar um pedido ao Padre e passei alguns minutos pensando no que pedir, foi daí que chegou uma senhora com sua neta e pediu pra neta escrever o pedido. Na verdade não era pedido, era agradecimento, a senhora que estava na minha frente acabava de vencer um câncer no colo do útero”, emociona-se a estudante de Publicidade e Propaganda Nathália Xavier, 20.

Pau de Arara visitando o horto do Padre Cícero. Foto: João Luís.

Espedito Seleiro

Espedito Seleiro produzindo em seu ateliê. Foto: Letícia Medeiros.

Filho, neto e bisneto de artesãos, o Sr. Espedito Seleiro, 79, é um artesão referência na criação de peças em couro. Sua produção é toda feita à mão, realizando o desenho primeiramente no papel e assim passando depois para seus funcionários executarem os cortes necessários. “Todos os meus filhos trabalham comigo, durante a semana. Já eu trabalho de domingo à domingo sem parar. As pessoas podem vir com alguma ideia, mas eu também produzo do meu jeito”, confirma.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php