Setembro Amarelo inicia ações na cidade

 Por Marta Negreiros

O mês de Setembro, desde 2015, é dedicado a ações para prevenção do suicídio e de suporte a doenças psicológicas, como a depressão. O Setembro Amarelo, como foi nomeado, é uma campanha brasileira com iniciativa do Centro de Valorização da Vida (CVV), do Conselho Federal de Medicina (CFM) e da Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP).

Caminha Pravida. Foto: reprodução.

Em vários lugares do Brasil estão previstas mobilizações para debater sobre o suicídio por meio de diversas palestras e eventos que são organizados pelo Governo ou por Institutos da causa. Em Fortaleza, anualmente, no dia 10 de Setembro, considerado o Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, o Programa de Apoio à Vida (Pravida) organiza uma caminhada pelas ruas da cidade com intuito de ampliar a atuação do Pravida na sociedade e promover a prevenção ao suicídio. A caminhada já virou tradição na cidade. No ano de 2018, excepcionalmente, a ação aconteceu no dia 09.

Instituto Bia Dote

Outro importante programa de atuação contra o suicídio em Fortaleza, é o desenvolvido pelo Instituto Bia Dote, que trabalha durante todo o ano em prol da vida. Para a fundadora do projeto, Lucinaura Diógenes, o Setembro Amarelo é uma campanha importante para a causa, já que é um período dedicado à divulgação de informações para prevenção do suicídio. “Assim como diversas campanhas de prevenção de doenças ou de controle de epidemias, as quais obtiveram respostas positivas, o Setembro Amarelo se mostra como importante instrumento de conscientização da população, de mobilização dos setores públicos e da sociedade civil organizada”, pontua.

Lucinaura considera importante abrir a mente das pessoas para obter debates visando trazer essa discussão do suicídio como forma de desmistificar os tabus, desconstruir preconceitos e mostrar que existe prevenção. “É preciso que  descortinem o espaço de debate. Para falar de forma ética e responsável, ressaltando o que seja importante para a prevenção como os fatores de risco, os sinais que as pessoas com ideação podem mostrar e jamais fazer julgamentos ou apontar culpados”, afirma.

O Instituto Bia Dote vem desenvolvendo ações de prevenção e posvenção através de palestras e rodas de conversa para pais, professores, cuidadores e o público adolescente. Para o mês de Setembro, o Instituto preparou uma agenda de programação especial, realizando diariamente ações agendadas nas escolas e outras instituições de prevenção ao suicídio.

Infográfico: Halleyxon Augusto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php