5+ músicas que marcaram a época emo

Por Thomás Regueira

O emo (ou emotional hardcore) foi um gênero musical que se originou no final dos anos 1990 e começo dos anos 2000, nos Estados Unidos. Entre suas principais influências estavam o punk, hard rock, grunge e indie rock. Uma de suas características marcantes são as letras carregadas de emoção e sentimentos, explicando a origem do nome.

O gênero se tornou popular durante a primeira década dos anos 2000, principalmente entre os adolescentes. O emo se tornou um movimento não só em relação à música, mas também em relação ao vestuário e ao comportamento. Uma pessoa estereotipicamente emo (também conhecidas como scene kids) tinha um estilo característico: roupas pretas, cabelo liso com franja longa, cinto com tachinhas e, às vezes, uma maquiagem preta nos olhos. As pessoas do movimento também eram consideradas muito sentimentais.

Nessa época, muitas bandas do gênero, como My Chemical Romance e Panic! At the Disco, conseguiram desbancar artistas pop das paradas musicais, se tornando verdadeiros sucessos. Exemplo disso foi a premiação Video Music Awards (VMA) da MTV, em 2006, na qual as bandas citadas fizeram performances marcantes.

Pensando nisso, o JornalismoNIC selecionou cinco músicas que representaram de alguma forma o movimento emo.

1 – Panic! At the disco – I Write Sins not Tragedies

“I Write Sins not Tragedies” (“Eu escrevo pecados e não tragédias”, em tradução livre para o português) é o segundo single do álbum “A Fever You Can’t Sweat Out”, lançado em 2005 da banda Panic! At the Disco. Foi escrita por Ryan Ross e Brendon Urie. No VMA de 2011, o videoclipe da música foi eleito o melhor da década de 2000 com 51,22% dos votos, superando grandes artistas como Lady Gaga, Rihanna e Beyoncé. Atualmente, a banda conta apenas um membro, o vocalista e músico Brendon Urie.

2 – Paramore – Misery Business

“Misery Business” (“Negócio da Miséria”, em tradução livre para o português) foi o primeiro single do álbum Riot!, da banda Paramore, lançado em Junho de 2007. A música, composta por Hayley Williams e Josh Farro, conseguiu alcançou o topo das paradas em vários países, com destaque para o grande sucesso na América Latina, em especial no Brasil. Chegou ainda a ocupar o 26º na Billboard Hot 100, tabela que avalia as 100 músicas mais vendidas nos Estados Unidos no período de uma semana.

Paramore ainda está na ativa, porém enfrentou diversos problemas com saída e entrada de membros. No momento, a banda é composta por Hayley Williams no vocal, Taylor York na guitarra e Zac Farro na bateria.

3 – My Chemical Romance – Helena

“Helena” é o terceiro single do álbum “Three Cheers for Sweet Revenge” (“Três Vivas para Doce Vingança”, em tradução livre para o português), da banda My Chemical Romance, lançado em 2005. A música foi composta pelo vocalista Gerard Way e é dedicada à falecida avó. A melhor posição que a canção ocupou foi a 20ª no UK Single Chart, tabela que avalia as músicas mais vendidas no Reino Unido. Em Novembro de 2013, foi anunciado o fim de My Chemical Romance. Foi lançado um álbum com a coletânea dos principais sucessos da banda, no ano seguinte.

4 – NX Zero – Razões e Emoções

O Brasil também foi influenciado pelo movimento emo, e entre as diversas bandas que surgiram, o NX Zero foi uma das que mais se destacou. “Razões e Emoções” foi o segundo single do álbum homônimo da banda, lançado em 2007. A música foi composta por Di Ferrero e Gee Rocha, sendo o maior sucesso do NX Zero até hoje. Chegou ainda a ser eleito como Hit Do Ano na premiação Music Video Brasil, de 2007. O vocalista Di Ferrero anunciou, em 2017, no programa Altas Horas, comandado por Serginho Groisman, na Rede Globo, que os membros da banda iriam tirar um período sabático.

5 – Simple Plan – Perfect

“Perfect” (“Perfeito”, em tradução livre para o português) foi o quarto e último single do álbum “No Pads, No Helmets… Just Balls” (“Sem almofadas, Sem Capacetes… Só Bolas”, em tradução livre para o português) da banda canadense Simple Plan, lançado em 2003. A música foi composta por todos os membros da banda, como um pedido de desculpa para seus pais que não aceitaram o fato dos filhos abandonarem os estudos para poder seguir carreira musical. A letra também trata sobre seguir os sonhos mesmo com a pressão familiar. Essa é a canção do Simple Plan que mais fez sucesso nos Estados Unidos, ocupando a posição 24ª na tabela Billboard. A banda continua no mercado musical lançando novos trabalhos regularmente e com a mesma formação do começo da carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php