Arte marcial chinesa traz benefícios à saúde

Por Thomás Regueira

Conhecido popularmente como tai chi chuan, é considerado uma atividade com inúmeros benefícios para a saúde, principalmente para os idosos. Uma das principais diferenças em relação às outras artes marciais é a de não promover a competitividade e a da possibilidade de ser praticado sozinho, tornando-se um grande atrativo para pessoas que procuram uma atividade física na qual possam relaxar.

Combate de doenças

A Harvard Medical School divulgou uma lista de doenças nas quais o tai chi chuan tem se mostrado efetivo em combater e evitar.

São elas:

Infografia: Daniel Vasconcelos

História

“O importante é praticar com a orientação correta. É preciso realmente querer aprender” (Flávio Pessoa)

O tai chi chuan, ou taijiquan, é uma arte marcial chinesa criada por volta do século XVII (não é milenar como muitos pensam) pelo general Chen Wangting, do vilarejo Chenjiagou, na China. Ao contrário de outras artes marciais, ele não consiste em técnicas de defesa pessoal, e sim em movimentos lentos e relaxantes, promovendo uma maior percepção da respiração. Daí ser chamado por muitos profissionais de “meditação em movimento”. De acordo com Flávio Pessoa, 53, instrutor de taijiquan, a arte marcial em questão é o melhor exercício que existe e que “o importante é praticar com a orientação correta. É preciso realmente querer aprender”.

Existem vários estilos de tai chi chuan. Os mais conhecidos são o Chen, Yang, Wu/Hao, Wu e Sun. Apesar das diferenças, todos eles possuem os mesmos princípios.

Estilo de vida

Ariadna praticando tai chi chuan ao lado do instrutor Flávio Pessoa, fonte: arquivo pessoal

Ariadna Coelho, 38, começou a treinar tai chi chuan devido à uma recomendação médica, pois em 2014 estava sentindo dores crônicas nas costas e no abdômen. Depois de 3 anos praticando, ela não se incomoda mais com estas dores. “Sinto-me mais equilibrada emocionalmente para lidar com situações que antes me deixavam a flor da pele. O Tajiquan não é um tratamento propriamente dito, mas a prática movimenta nossa energia e proporciona esse equilíbrio físico e emocional. Temos de continuar praticando para continuar sentido os resultados. As mudanças são graduais e só as percebemos quando paramos para refletir, não é possível pontuar um momento específico em que elas ocorrem”.

Hoje, ela faz taijiquan cerca de uma ou duas vezes por semana com o instrutor Flávio Pessoa em locais públicos, como praças, na praia, ou até no jardim de sua casa.

Lugares para praticar tai chi chuan em Fortaleza:

  • Pilates Point

Endereço: Rua Tomás Acioli 964, Dionísio Torres

Telefone: (85) 3032-1160

  • Pakoa Fátima

Endereço: Rua Carolino de Aquino 352, Fátima

Telefone: (85) 98224-3220

  • Praça das Flores (Bosque Eudoro Correia)

Endereço: Avenida Desembargador Moreira, Aldeota

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php