Exposição registra linha do tempo da arte brasileira

Por Melissa Carvalho e Thomás Regueira

Obra símbolo da exposição. “Primeira Missa”, 1859, de Victor Meirelles. Foto: Lílian Camelo.

Arte e história se encontram em “Da Terra Brasilis à Aldeia Global”. A exposição é um passeio sobre os altos e baixos do nosso país. Desde a descoberta, passando pela colônia e a ditadura, até a contemporaneidade. A mostra reúne 280 das principais obras do acervo da Universidade de Fortaleza (Unifor). O evento de abertura aconteceu na terça-feira (20/03), trazendo a “Primeira Missa”, 1859, de Victor Meirelles como obra símbolo. Quadros, livros e esculturas modelam a exposição.

Artistas brasileiros e estrangeiros estão reunidos nas obras expostas, captando a singularidade histórica em cada peça. A curadora responsável, Denise Mattar, 69, ressalta a importância das obras e a grandiosidade do acervo da Unifor. O título da exposição revela a vontade de ilustrar a dinamicidade, e a miscigenação de pessoas e de ideias, que marcam a evolução brasileira. “Começa com a descoberta do Brasil, com o livro “America Tertia Pars”, de 1592, e acaba com obras de 2017. A gente faz todo esse arco temporal com preciosidades que não então em nenhum outro lugar do mundo. A maior dificuldade foi escolher o que eu não ia mostrar”, admite.

“A maior dificuldade foi escolher o que eu não ia mostrar” (Denise Mattar)

A mostra ocupa todos as extensões do Espaço Cultural da Unifor e fica exposta até o dia 24 de março de 2019. “Da Terra Brasilis à Aldeia Global” faz parte da programação que comemora o aniversário de 45 anos da Unifor. O evento que deu início à exibição reuniu personalidades, como a presidente da Fundação Edson Queiroz, Lenise Queiroz Rocha, o ex-governador do Ceará, Lúcio Alcântara, e o cônsul honorário da Alemanha, Hans-Jurgen Fiege.

A variedade das obras

Poema exposto na Sala Di Cavalcanti​. Foto: Lílian Camelo.

A exposição é composta por núcleos, divididos por períodos históricos e movimentos artísticos que existiram no país. Salas especiais destacam artistas importantes como Di Cavalcante, Portinari e Milton Dacosta. As seções especiais exibem as peculiaridades de cada artista e como se sobressaem dentro dos movimentos que estão inseridos. Na área reservada para as obras de Dacosta, há uma reflexão do artista sobre sua arte: “Eu acho que a essência da pintura é sempre abstrata. A expressão é uma coisa abstrata, pode estar até na figura”.

Além de um espaço que mostra a evolução das redes indígenas, na seção dedicada ao barroco, há um vídeo-documentário, dirigido pelo cineasta cearense Glauber Filho, sobre a Igreja Matriz de Aquiraz. A imersão histórica de fácil entendimento proporciona uma experiência particular para cada visitante. “As obras estão aqui dispostas cronologicamente e didaticamente para mostrar a história do nosso país. Nesta exposição, há um aspecto que integra os artistas locais, pois temos artistas cearenses que estão sendo representados”, ressalta o vice-reitor de extensão da Unifor, Randal Martins Pompeu.

Exibição de vídeo-documentário sobre a Igreja Matriz de Aquiraz, produzido pelo cearense Glauber Filho. Foto: Lílian Camelo.

Importância Cultural

“Da Terra Brasilis à Aldeia Global”, além de comemorar o aniversário da Unifor, tem como finalidade difundir mais a arte no Ceará. O Espaço Cultural da Unifor se consagra no Estado como difusor de arte, trazendo exposições enriquecedoras e de fácil acesso à população. “Cultura é tudo, conhecimento também. São fundamentais para o desenvolvimento do nosso país. Então, a arte tem que ser mais incentivada e difundida em todas as pessoas, em todas as camadas sociais”, declara a visitante Luisiane Cavalcante, 50, durante a abertura da exposição.

Divisão de períodos históricos nas seções do Espaço Cultural. Foto: divulgação.

Serviço

Exposição “Da Terra Brasilis à Aldeia Global – Coleção Fundação Edson Queiroz”

Espaço Cultural Unifor

20 de Março de 2018 a 24 de Março de 2019

Terças a sextas-feiras: 9h às 19h

Sábados e domingos: 20h às 18h

Mais informações: (85) 3477-3319

Acesso gratuito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php