60 anos de história do Cineteatro São Luiz

Por Isabella Campos

Em uma época de conflitos sobre a importância da cultura e a valorização dos artistas, o Cineteatro São Luiz é símbolo de resistência e comemora 60 anos. No dia 26 de março será festejado como um dos mais importantes patrimônios da história do entretenimento e cultura cearense. “Cinema na rua, cinema de rua, cinema de praça”, assim a Secretaria de Cultura do Estado do Ceará (Secult) anuncia as comemorações do sexagésimo aniversário deste, que é um dos raros cinemas de rua ainda em atividade no país. Inaugurado em 1958, vinte anos após o início de sua construção, logo se tornou um dos principais locais de entretenimento e lazer de Fortaleza. Sua importância o levou a ser tombado em 1991, como patrimônio histórico e cultural do Estado Ceará.

Cine São Luiz, em sua estreia, em março de 1958, exibição do filme “Anastácia”. Foto: Reprodução

Em 2007, o cinema São Luiz passou por a ser administrado pela Federação do Comércio do Estado do Ceará (Fecomércio- CE), quando começou oficialmente a ser chamado ‘Cine São Luiz – Centro Cultural Sesc Luiz Severiano Ribeiro’. Assim, tornou-se um dos principais locais de divulgação de artistas do Ceará. Contudo, o prédio, em 2011, passou a pertencer ao Governo do Estado e ser administrado pela Secult. Passou por uma restauração e foi reinaugurado em 2015 como “Cineteatro São Luiz”, voltando ao meio cultural como um espaço acessível e de valorização da arte e cultura, principalmente nacional e local.

A marca na vida

“O cinema está na praça mais famosa de Fortaleza, parece que está no coração da cidade, onde tudo acontece”. Esta é a forma que a professora e ex-funcionária do cineteatro Elione Campos, 52, tenta explicar o afeto que sente por aquele espaço. “Foi o meu primeiro emprego, ficávamos naquelas salas e bilheterias, víamos tantas pessoas diferentes, nunca era chato”, recorda. Hoje com 52 anos, formada em História e exercendo a profissão de professora, fala com muito carinho de quando trabalhou no São Luiz. Na época, tinha apenas 22 anos. “Tínhamos a sensação de conhecer todos da cidade, ali era um grande ponto de encontro”, relembra saudosa.

Elione também comentou sobre os efeitos que o caos da violência pública tem nos cinemas de praça. Apesar de continuar a frequentar o espaço como espectadora, percebe constantemente a mudança no “sentir o lugar” se comparado com a sua época. “O cineteatro sempre teve o objetivo de ser acessível, principalmente em sua localização. Hoje as pessoas temem estar em lugares mais abertos. Na minha época, não tínhamos todo esse medo ou receio”, lamenta assim, a perda do público para os cinemas de shoppings. “Como professora de História, ex-funcionária e cearense, sinto que o São Luiz é um dos locais mais expressivos da nossa história cultural”, declarou professora.

“O cineteatro sempre teve o objetivo de ser acessível, principalmente em sua localização. Hoje as pessoas temem estar em lugares mais abertos. Na minha época, não tínhamos todo esse medo ou receio” (Elione Campos)

Programação de 60 anos

Cineteatro São Luiz comemora 60 anos, com programação para todos os tipos de públicos. Foto: Reprodução

Com o seu ciclo sexagenário sendo fechado em março de 2018, a Secult organizou uma programação gratuita com muito cinema, música e teatro gratuitos. A temporada teve início no dia 2 de março e permanecerá por todo o mês, dentro e fora  do cineteatro, o dia todo. Segundo a curadoria do Cineteatro São Luiz, foi levada em consideração a diversidade do público. No último ano (2017), o espaço recebeu 184.377 espectadores de diferentes linguagens culturais.

Em sua grade de programação, além da exibição de 45 filmes clássicos do cinema mundial, como “Titanic” e “A Noviça Rebelde”, tem destaque o projeto “Escola no Cinema”, que promove exibições de curta-metragem para alunos de escolas públicas e privadas, instituições e associações diversas. Voltado para a música, podemos destacar o “Sons do Ceará”, projeto de exibição de videoclipes de músicos e bandas com o intuito de divulgar o trabalho dos artistas locais.

Confira a programação completa abaixo:

Programação dos 60 anos do Cineteatro São Luiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php