Unifor participa da Liga Universitária de League of Legends

Lia Bruno

A popularidade dos jogos eletrônicos está crescendo cada vez mais. Segundos dados do jornal The New York Times, 60 milhões de pessoas devem assistir simultaneamente, em todo o mundo, aos campeonatos da Liga Universitária de League of Legends (LOL).  O campeonato brasileiro de 2018 terá um prêmio final de R$ 20 mil, entre outros benefícios. A liga reuniu para este semestre, 72 equipes de diversas universidades e faculdades de todo o país. Em seu terceiro ano de competições no Brasil, o evento está sendo organizado pela Global Games Club com apoio da Riot Games.

Personagens do Lol. Foto: Reprodução

Divididas em oito grupos, os representantes das instituições jogarão contra adversários de todo o país. Cada equipe no seu estado, uma vez que os jogos serão realizados online. No final, apenas os dois melhores times serão classificados. As fases finais serão transmitidas pelo canal de televisão Esporte Interativo e contará com a presença de grandes nomes do universo de LOL, como Gordox, Mit, Djoko, Pepo, entre outros.

Um dos principais diferenciais da liga é o foco no desenvolvimento das equipes. Por uma questão de praticidade, outros torneios costumam utilizar o formato de eliminação dupla, com o objetivo de dar agilidade à competição. Contudo, a organização do evento resolveu optar por um caminho inverso, fazendo apenas uma eliminação por partida. Cada equipe é formada por oito componentes, sendo eles cinco titulares e três reservas, além do coach (treinador).

Equipe da Unifor

Campeonato de LOL. Foto: Reprodução

A Universidade de Fortaleza (Unifor) está confirmada no evento pelo segundo ano consecutivo. A equipe de 2017 chegou à segunda fase, um grande feito. Porém, por conta de alguns desfalques, está ainda selecionando novos membros para a disputa de 2018. A participação da universidade na competição aconteceu por iniciativa dos próprios alunos, que entraram em contato com a organização da liga para conseguir a inscrição. “O responsável da liga entrou em contato conosco e nós, do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT), compramos a ideia”, explicou o responsável pela equipe da Unifor, Bruno Lopes, professor de Ciência da Computação.

“Cerca de 75 pessoas se inscreveram para a seleção que será fiscalizada pelos atuais membros da equipe, que atuarão como coach”, explica Lopes. Além da habilidade no jogo, a capacidade de comunicação e o trabalho em equipe também fazem parte dos critérios utilizados para a escolha dos novos componentes. Para o capitão da equipe e estudante da Unifor, Victor Borges, a experiência de fazer parte de liga é indescritível. “Aprendemos muito sobre trabalho em equipe e conhecemos pessoas de todo o país. É muito enriquecedor” , disse.

“Aprendemos muito sobre trabalho em equipe e conhecemos pessoas de todo o país. É muito enriquecedor” (Victor Borges)

O jogo

Lançado em 2009, o League of Legends é um jogo online competitivo que mistura a velocidade e a intensidade de um RTS (Real Time Strategy, ou estratégia em tempo real) com elementos de RPG (Role-playing game, ou jogo de interpretação de papéis). Aclamado desde o seu lançamento, a popularidade do jogo cresceu significamente ao decorrer dos anos em todo mundo. Em julho de 2012, foi considerado o mais jogado na América do Norte e Europa.

Até janeiro de 2014, segundo pesquisa feita pelo  The Wall Street Journal, mais de 67 milhões de pessoas jogavam League of Legends por mês. A popularidade do jogo se tornou tão grande que não demorou muito para o surgimento de vários torneios, tanto regionais quanto mundiais. Algumas partidas finais chegaram a ser realizadas em estádios de futebol.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php