Empreendedorismo cria oportunidades para estudantes

Por Lígia Grillo

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de estudantes de 18 a 24 anos que frequentam o ensino superior no Brasil somavam 58,5% do total de estudantes nessa faixa etária em 2014. Mas, ingressar no ensino superior nem sempre é uma tarefa fácil. Para pessoas que não têm condições financeiras, a tarefa se torna mais difícil ainda. Devido à grande concorrência em instituições públicas, muitas vezes, a alternativa é partir para universidades particulares.

Contudo, o preço da mensalidade de universidades particulares pode ser uma barreira para alguns na construção do sonho de alcançar o diploma universitário. Entretanto, esse obstáculo não impede que alunos, com a ajuda da ferramenta do empreendedorismo, consigam alcançar o sucesso através do dinheiro obtido por meio dos seus próprios negócios.

Foto: arquivo pessoal

Raisa Martins, 19, vende trufas na Universidade de Fortaleza (Unifor). Ela afirma que o dinheiro que consegue gerar não financia a mensalidade, mas a sustenta diariamente na universidade. “Eu estava precisando de dinheiro e lembrei que na época do colégio uma amiga minha vendia trufas na sala. Eu falei com ela para conseguir o telefone do rapaz que fornecia. Hoje, eu consigo me manter durante a semana, almoçar e pagar xerox”, revela a estudante de jornalismo da Unifor.

Para Jarlan Douglas, 29, a iniciativa de começar a revender produtos de beleza começou como uma alternativa para melhorar a sua situação financeira, já que ele estava desempregado. Hoje, funciona como uma renda a mais na hora de pagar as contas e a mensalidade do seu curso. “Começou a não dar para pagar a conta da faculdade, e acabei utilizando essa renda extra para fechar o orçamento”, conta o estudante de contabilidade da Ateneu.

Empreendedorismo

De acordo com o professor de Administração da Unifor, Wilson Ribeiro Lins, o empreendedorismo é uma excelente ferramenta para se destacar no mercado. Ele afirma que, dentro da Universidade de Fortaleza, o Escritório de Gestão, Empreendedorismo e Sustentabilidade (EGES) preza pelo comprometimento com a veiculação do ideal empreendedor, garante novas oportunidades aos alunos e auxilia os estudantes na formação e gestão de empresas. Além disso, o escritório proporciona um quadro de informações, que facilitam a tomada de decisões para quem quer a carreira do empreendedorismo. Confira o vídeo abaixo para assistir a entrevista com o profissional:

 

Wilson Lins. Foto: Lígia Grillo

Com o advento da tecnologia, empreender ficou ainda mais acessível. As redes sociais se tornaram uma ferramenta popular, que atinge 54% da população brasileira, segundo dados de 2014 do IBGE. Elas permitem a interação dos vendedores com os clientes e ainda possibilitam fazer propaganda da marca ou da empresa. Além disso, existem as lojas virtuais que são administradas pelos próprios aplicativos, como, por exemplo, o Instagram e o Facebook, onde é comum encontrar esse tipo de venda. “As redes sociais são fundamentais para quem está iniciando seu empreendimento”, afirma o professor Wilson.

“As redes sociais são fundamentais para quem está iniciando seu empreendimento” (Wilson Lins)

Dificuldades

Jarlan Douglas. Foto: arquivo pessoal

“Já cheguei a vender 100 reais em um dia e, em outros, vender só duas trufas”, conta Raisa quando questionada sobre os desafios de empreender. Para Jarlan, a maior dificuldade é a falta de comprometimento de alguns clientes, o que torna o retorno do lucro difícil, já que alguns deles não arcam com as despesas dos produtos adquiridos. No entanto, os empreendedores se esforçam para garantir o lucro que permitirá que eles continuem inseridos no ensino superior privado.

O professor Wilson Ribeiro Lins ofereceu algumas dicas para ajudar aqueles que desejam iniciar suas carreiras como empreendedor, confira no infográfico abaixo:

 

Conheça locais para empreender em Fortaleza:

Confira a matéria editada por Lígia Grillo:

Mundo Universitário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php