Projeto promove reencontro com a infância

Lara Montezuma

O nosso “eu criança” é um dos principais elementos espelhados na personalidade que construímos com o passar dos anos. Carregamos vividamente as mágoas, os traumas, as alegrias e os pensamentos do passado, ainda que eles sejam quase invisíveis para muitas pessoas. Com o intuito de reacender a chama que tínhamos quando criança, as professoras do Projeto Intercursos I, Ana Valeska, Aíla Sampaio e Adriana Helena idealizaram uma experiência realizada pelos seus alunos para resgatar os sonhos adormecidos da infância, chamada “Todo mundo foi criança”.

Na manhã de hoje (10), as turmas da disciplina viabilizaram atividades que pudessem captar a atenção e o sentimento daqueles que transitavam no espaço durante o período. As músicas infantis foram trilhas sonoras para brincadeiras e interações entre o público e os alunos, permitindo uma troca de experiência única.

 

 

O processo de criação

As atividades lúdicas beneficiaram a interação entre o público. Foto: Juliano Almada.

Para planejar o momento, os estudantes mergulharam em questões complexas sobre o interior do ser humano por mais de dois meses através de textos, vídeos e debates. Com isso, acharam na infância uma fonte de referência para os seus dilemas internos. Ademais, o relato dos alunos, assim como as suas fotos, foram essenciais no fundamento do projeto. “O tema foi a viagem à infância, então eu colhi histórias [de infância] que os alunos escreveram e uni essas histórias com as imagens que estão na exposição de fotografia”, explica a professora Ana Valeska.

Durante o desenvolvimento do projeto, o estudante de jornalismo Lucas Machado, 18, relembrou uma temática que ele apreciava muito quando criança, o circo. Na intervenção, ele e a sua equipe trouxeram palhaços, balões e bolinhas de sabão, “tudo para fazer algo mais lúdico e circense”, conta Machado.

Exposição “Todo mundo foi criança”.

Fotos de infância dos alunos foram utilizadas na exposição “Todo mundo foi criança”. Foto: Juliano Almada.

A exposição fotográfica, feita com as fotos de infância dos alunos da disciplina do Projeto Intercursos I, é uma parte importante da iniciativa. A mostra foi criada com a ajuda do professor de fotografia da Universidade de Fortaleza (UNIFOR), Jari Vieira, dos estagiários do FotoNIC e dos estudantes da cadeira. Ela estará exposta até o dia 13 de outubro, das 7h30 até às 22h. Ana Valeska deseja que os momentos proporcionados pelos seus discentes lembrem aos visitantes e aos executores do projeto os seus momentos de infância. “Eu espero que a experiência tire algumas blindagens e que faça com que a pessoa tenha mais naturalidade no seu viver”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *