5+ filmes que remetem a tragédias históricas

Por Lígia Grillo

Nem todos os filmes terminam com “felizes para sempre”. E, alguns deles, podem ser bem dolorosos de assistir. A situação piora quando se percebe que seus eventos, de fato, aconteceram.  Os filmes históricos ajudam a questionar acontecimentos que, no passado, passaram despercebidos. Além de serem uma ótima fonte de aprendizado, algumas obras trazem o peso de desventuras que aconteceram no mundo, como grandes guerras e ditaduras. O Jornalismo NIC reuniu os 5 melhores filmes que remetem às tragédias históricas para refletir, lamentar e questionar.

 

Persépolis

Persépolis é um filme francês inspirado em quadrinhos. Sua história é baseada em fatos reais. O contexto do filme se passa durante a revolução iraniana, quando a protagonista, Marjane, enfrenta diversos conflitos. Problemas internos, a fuga de seu país natal em meio à guerra, a dificuldade de entrosamento em uma terra estrangeira e a mudança de perspectiva ao retornar para casa, transformam a personagem em um símbolo de luta. Persépolis é um filme para refletir sobre os efeitos da guerra e sobre como os imigrantes são hostilizados em alguns países do mundo.

 

Ficha técnica

Ano: 2007

Direção:  Marjane Satrapi e Vincent Paronnaud

Duração: 1 hora e 36 minutos

Classificação: 12 anos

Gênero: Drama/Biográfico

Trailer: 

 

Histórias Cruzadas

O filme se passa nos anos 1960, no Mississipi, Estados Unidos. A protagonista, uma garota branca da sociedade que sonha em ser escritora e jornalista, enfrenta uma realidade diferente da sua: o racismo. Os negros não tinham voz e eram hostilizados pelo simples fato de serem negros. Skeeter, a protagonista, começa a entrevistar mulheres negras que deixaram de cuidar de seus próprios filhos para cuidar dos filhos da elite branca, da qual ela mesma faz parte. Apesar do contexto continuar o mesmo, o livro de entrevistas que ela produziu com o relato das empregadas, conseguiu alcançar parte da população, representando algo mínimo, mas que promoveu uma mudança significativa na sociedade.

Ficha técnica

Ano: 2011

Direção:  Tate Taylor

Duração: 2 horas e 26 minutos

Classificação: 10 anos

Gênero: Drama/romance

Trailer:

 

O Diário de Anne Frank

O filme se passa durante a Segunda Guerra Mundial, mais especificamente no contexto do holocausto. Anne e sua família, para fugir dos alemães nazistas, se escondem em um sótão secreto em um prédio comercial. Durante o tempo em que ficaram confinados, ela escreve em um diário suas anotações sobre a situação, que pode ser encontradas no livro “O Diário de Anne Frank”. Mesmo tendo permanecidos escondidos, o final não é o esperado. Anne e sua família acabam sendo levados para campos de concentração, onde morreriam algum tempo depois, com exceção de seu pai Otto Frank, que posteriormente publicou os relatos do diário da filha.

 

Ficha técnica

Ano: 1959

Direção: George Stevens   

Duração: 3 horas

Classificação:

Gênero: Drama/preto e branco

Trailer: 

 

A Vida É Bela

O filme se passa durante a Segunda Guerra Mundial, na Itália. O protagonista e sua família enfrentam na pele os desafios sofridos pelos judeus nas mãos dos alemães durante o holocausto. Contudo, Guido, o pai, não queria que seu filho, Giosué, percebesse a crueldade do mundo real, então, ele usava a imaginação e inventava fantasias sobre as situações que enfrentavam dentro do campo de concentração. Assim, Giosué acreditava estar imerso em um jogo, sem ter a noção do horror do holocausto. Durante um bom tempo funcionou, mas como a maioria das histórias sobre o holocausto, não teve um final feliz.

 

Ficha técnica

Ano: 1997

Direção: Roberto Benigni

Duração: 2 horas e 2 minutos

Classificação: Livre

Gênero: Drama/comédia dramática

Trailer:

 

O Ano em Que Meus Pais Saíram de Férias

O filme se passa em 1970, durante a ditadura militar no Brasil. Mauro, após a viagem inesperada de seus pais, passa a morar com um vizinho. O que para o garoto é uma situação normal, sem sofrimentos, para os adultos é uma realidade dura de enfrentar. A viagem serviu como fuga de perseguições políticas. O filme retrata as marcas da ditadura militar brasileira sob o olhar ingênuo de um menino mineiro de apenas 12 anos, que sem entender muito bem o que está acontecendo, continua esperançoso em relação a um futuro, que infelizmente, só iria piorar.

 

Ficha técnica

Ano: 2006

Direção:  Cao Hamburger

Duração: 1 hora e 50 minutos

Classificação: 10 anos

Gênero: Drama

Trailer:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *