5+ Filmes Clássicos de Terror

Por Luana Façanha

No cinema, o gênero de horror conquista os espectadores que gostam de sentir a adrenalina causada pelo medo. O ser humano tem uma curiosidade pelo desconhecido, e os filmes de terror fascinam, desde o seu surgimento, quando em 1896 foi lançado um curta de dois minutos com o título “Le Manoir du Diable” (A Mansão do Diabo,em tradução livre). Desde então, produtores usam a tecnologia para tornar esses filmes cada vez mais perturbadores e apavorantes, como os que conhecemos hoje. A fim de lembrar de importantes filmes que marcaram a história desse gênero, o Jornalismo NIC selecionou 5 filmes clássicos de terror que marcaram a história do cinema.

Psicose (1960)

Obra de Alfred Hitchcock, é um dos títulos mais famosos quando falamos de filmes estrelados por assassinos. A história se inicia na cidade de Phoenix, Arizona (EUA), quando a jovem recepcionista, Marion Crane (Janet Leigh), deixa seu trabalho dizendo estar com dores de cabeça, arruma suas malas e foge da cidade em seu carro com $40.000 dólares na bolsa. À noite, na estrada, uma tempestade a faz procurar por algum abrigo enquanto a chuva não passa. Ela se hospeda no Bates Motel. E assim a trama começa. O enredo, os personagens, a famosa cena no chuveiro e o seu fim surpreendente fez do filme um dos mais famosos do gênero. Ele rendeu um Globo de Ouro por Melhor Atriz Coadjuvante em Cinema, para a atriz Janet Leigh, e um Prêmio Edgar por Melhor Roteiro, os dois em 1961.

 

A Noite dos Mortos Vivos (1968)

O filme independente de George Romero foi o precursor dos filmes de zumbis, como os que conhecemos hoje. O filme começa com um casal de irmãos, Jonny e Barbara (Duane Jones e Judith O’Dea), visitando o túmulo do pai. Até que um estranho homem aparece e ataca a moça. O irmão, procurando defender sua família, é morto. A irmã foge e se esconde em uma casa no meio da floresta, enquanto procura entender o que está acontecendo. Até que Ben, um homem que aparentemente sabe se defender dos ataques, consegue entrar no mesmo local. Juntos, procuram manter a casa o mais segura possível, enquanto vai aparecendo mais pessoas com comportamento perigoso. O roteirista John A. Russo, que trabalhou com Romero no filme, escreveu os livros A Noite dos Mortos Vivos e A Volta dos Mortos Vivos para dar continuidade a história.

 

Bebê de Rosemary (1968)

Dirigido por Roman Polanski, o filme foi um grande destaque. Um jovem casal, Rosemary (Mia Farrow) e Guy (John Cassavetes), se muda para um apartamento onde, de acordo com boatos, coisas estranhas tinham acontecido. Os vizinhos são simpáticos, e logo fazem amizade. Porém, Rosemary engravida e começa a notar um comportamento estranho vindo dos vizinhos e das pessoas ligadas a eles, até do próprio marido. O filme traz a dúvida de se ela estaria paranóica ou se existe algo muito errado acontecendo com as pessoas que a cercam. O diretor ganhou um prêmio David di Donatello de Melhor Diretor Estrangeiro e a atriz Ruth Gordon ganhou um Oscar, um Globo de Ouro e um David di Donatello pela categoria de Melhor Atriz Coadjuvante, todos em 1969.

 

O Iluminado (1980)

Sob a direção de Stanley Kubrick, o filme conta a história de um menino, Danny Torrance (Danny Lloyd), com o dom de ver momentos que já aconteceram e que acontecerão. Ele passa a morar com seus pais em um hotel por causa de um novo emprego que o pai conseguiu. Durante o inverno, o hotel fica isolado, o que afeta o destino de toda a família. O longa-metragem de terror psicológico, baseado no livro de Stephen King com mesmo nome, ganhou uma grande notoriedade pelas atuações e a forte tensão que as cenas provocam, além da cena do machado que se tornou um ícone. É considerado um dos filmes mais famosos de terror e gerou um Prêmio Saturno de Melhor Ator Coadjuvante ao ator Scatman Crothers.

 

Poltergeist: O Fenômeno (1982)

O filme, de autoria de Steven Spielberg e dirigido por Tobe Hooper fala sobre a caçula de uma família, que começa a ouvir uma voz vindo da televisão. Os contatos vão ficando cada vez mais fortes. Os parentes começam a perceber essa situação e se divertem com isso. Até que um dia, a família é atacada e a filha mais nova, raptada. Então, seus parentes vão fazer de tudo para encontrá-la. Com efeitos especiais impressionantes, o filme foi indicado para o Oscar de Melhores Efeitos Especiais, além de Melhor Edição de Som e Melhor Trilha Sonora.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *