5+ filmes brasileiros que fizeram sucesso no exterior

Por Letícia Feitosa

O cinema brasileiro, em seus 120 anos de existência, coleciona títulos que ganharam repercussão internacional. O filme “Sinhá Moça”, por exemplo, de 1953, foi um dos primeiros a ser premiado em um festival estrangeiro: o Festival de Veneza. O longa foi produzido pela Vera Cruz, estúdio cinematográfico reconhecido por chamar a atenção do exterior ao cinema nacional na década de 1950. Desde então, o Brasil se reinventou e exportou filmes exibidos em salas de cinema de diversos países e prestigiados em outros tantos festivais internacionais. O Jornalismo Nic listou 5 destas produções verde-amarelas que foram aclamadas e premiadas no exterior.

O Cangaceiro

A caatinga nordestina é dominada pelos cangaceiros do capitão Gaudino neste longa inspirado na figura lendária do Lampião. Escrito e dirigido por Lima Barreto, o filme, de 1953, contém diálogos criados por Raquel de Queiroz e é considerado o melhor trabalho do estúdio cinematográfico Vera Cruz. A produção ganhou visibilidade no Festival Internacional de Cannes, onde levou os prêmios de “Melhor Filme de Aventura” e “Melhor Trilha Sonora”. Diante de seu sucesso, “O Cangaceiro” foi distribuído em 80 países e vendido para a Columbia Pictures, além de ter ficado cinco anos em cartaz na França.

Central do Brasil

Dora (Fernanda Montenegro), uma senhora que trabalha na estação Central do Brasil, encontra o garoto Josué, de nove anos, abandonado no local. Os dois logo partem em uma viagem até o Nordeste, em busca do pai da criança. O diretor Walter Salles encantou a crítica com o sentimentalismo deste filme de estrada e atraiu os olhares de fora. Lançado em 1998, “Central do Brasil” é uma coprodução franco-brasileira e recebeu indicações em mais de 15 premiações estrangeiras, sendo uma delas o Oscar. Venceu como “Melhor Filme Estrangeiro” em eventos internacionais importantes para o cinema, como o Golden Globe e o British Academy of Film and Television Arts (BAFTA), além de render à Fernanda Montenegro o Urso de Ouro de“Melhor Atriz” no Festival de Berlim.

Cidade de Deus

No início dos anos 1980s, a favela Cidade de Deus era tida como o lugar mais perigoso do Rio de Janeiro. O crescimento do crime organizado no local e o contexto social daquela comunidade inspiraram Paulo Lins a escrever o livro “Cidade de Deus”. A adaptação cinematográfica de mesmo nome dirigida por Fernando Meirelles foi a primeira produção nacional a receber quatro indicações ao Oscar. A história narrada pelo jovem Buscapé estreou em 2002, no Festival de Cannes, e foi aclamado pela crítica brasileira e internacional. No Reino Unido, o longa venceu na categoria de “Melhor Montagem”, no Prêmio BAFTA de Cinema, e ganhou como “Melhor Filme Estrangeiro Independente”, no British Independent Film Award.

Tropa de Elite

A corrupção, a violência urbana, o tráfico de drogas e como os agentes da segurança pública atuam nesse cenário é mostrado no livro “Elite da Tropa”, de André Batista e Rodrigo Pimentel. A obra foi a inspiração para o filme “Tropa de Elite”, de 2007, dirigido por José Padilha. O longa gerou muita repercussão nas salas de cinema do Brasil, tendo estreado em primeiro lugar no País. Internacionalmente, o filme agradou especialistas e foi exibido em festivais estrangeiros, como o de Berlim e o de Lisboa. No Festival de Berlim, “Tropa de Elite” ganhou o troféu de “Melhor Filme”, sendo a segunda produção nacional a trazer um Urso de Ouro para o Brasil.

Aquarius

A jornalista aposentada, Clara (Sonia Braga), é viúva, mãe de três filhos adultos e reside no edifício Aquarius. Uma construtora interessada em erguer um novo prédio no terreno deste condomínio, consegue adquirir quase todos os apartamentos do local, menos o de Clara. O filme, dirigido por Kleber Mendonça Filho, fala sobre memórias e a passagem de tempo, além de discutir a especulação imobiliária. A primeira exibição mundial de “Aquarius” foi feita em 2016, no Festival de Cannes. Além de ser exibido nas telas de cinema de mais de 60 países, o longa foi destaque em premiações estrangeiras, como o Independent Spirit Awards.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php