Alunos do Design de Moda mostram suas criações em desfile

Por Lara Montezuma

Foto: Pedro Vidal

Na última quarta-feira (30), os alunos do semestre 2017.1 do curso exibiram suas coleções de roupas em um desfile no bloco G, promovido pela Universidade de Fortaleza (Unifor). O evento, que fez parte da 7° edição do UMI (Unifor Moda Integra), foi criado com o objetivo de mostrar a criatividade, o talento e a técnica dos alunos, além de oferecer a oportunidade de apresentar os seus trabalhos para a imprensa e o mercado local.

O Unifor Moda Integra é uma iniciativa que reúne, durante três dias, atividades dos alunos do primeiro até o quarto semestre de Moda, na qual há mesas-redondas, exposição de produtos, editoriais de moda e o desfile das produções produzidas no semestre. Com o engajamento dos estudantes e dos professores, o projeto vem se desenvolvendo há seis meses,  integrando os saberes e fazeres de todas as disciplinas da grade curricular.

As abordagens variaram de acordo com cada equipe e os seus respectivos semestres. Os temas escolhidos foram a Índia, o Romantismo, a Arte Contemporânea no Ceará e o “Self Essence”. Ana Mirela, 18, aluna do 2° semestre, explorou a dança indiana Bharathanatyam para criar o seu look. Segundo ela, após a árdua execução, ver o seu projeto tornando-se real foi a melhor parte da experiência. “A maior dificuldade mesmo é fazer o desenho, que tem que ser aprovado pelos professores do Programa Integrador. Quando é aprovado, nós passamos pela produção: ver onde é cada detalhe, o zíper, a linha, e é meio difícil conseguir algo que se encaixe e que fique bonito. A melhor parte foi ver a recompensa, quando tudo está pronto e ver que valeu a pena o esforço.”

A atenção da plateia e dos jurados foram conquistadas pelas roupas ousadas, muitas delas inspiradas em temas relevantes, como a demanda por roupas plus size e as dificuldades que existem no mundo da moda contemporâneo. Os trabalhos foram avaliados por artistas e profissionais renomados de Fortaleza, entre eles estilistas, diretores de grandes marcas e coordenadores de concursos culturais.

 

O encontro do eu nos desenhos

Foto: Pedro Vidal

Como aluno do quarto semestre, Michel Lavor, 27, encarou o desafio de criar uma pequena coleção que fosse compatível com a sua identidade, a “self essence”, mencionada anteriormente. “O processo de criação do P4 (Programa Integrador do 4° semestre) é incrível, porque ele fala da sua essência, de quem você é como criador. A gente faz um estudo com os professores para descobrir o que lhe representa.”

Suas peças, em sua maioria ecologicamente corretas, foram todas baseadas na solidão, tendo um dia chuvoso como subtema, assuntos que costumam ser comuns na vida de  várias pessoas. “Como eu moro só há 11 anos,  esse sentimento de solidão era muito forte em mim. Porém, eu sempre lidei muito bem com isso e usei esse fato para desenvolver toda a temática do trabalho.”

Lavor afirma que a experiência oferecida pela universidade é desafiadora, porém extremamente recompensante e útil para o futuro na carreira em que quer seguir. “Quando você enfrenta um desfile mais a frente, você está preparado para aquilo. Se eu sair daqui, trabalhar em criação, e tiver que participar de um desfile, eu sei que vou estar preparado. É algo muito bom.”

 

“El Suelo Secreto”

Um êxito já alcançado pelos alunos de Design de Moda da Unifor foi a participação no 18° edição do Dragão Fashion Brasil Festival, em 2017. Com oito looks criados por uma equipe de quatro integrantes, a coleção foi inspirada no Peru e conseguiu conquistar o 2° lugar da competição “Concurso dos Novos”. As peças também foram exibidas durante o UMI deste ano, e impressionou a todos pela qualidade e originalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php