Cresce uso de smartphones em jogos eletrônicos

Por Rhuan de Castro

A popularidade dos smartphones entre os gamers brasileiros é cada vez mais evidente. De acordo com uma pesquisa realizada pela Game Brasil, em 2016, esses pequenos aparelhos despertam o interesse de 77,2% dos jogadores, diante das outras plataformas (Consoles, computadores, tablets e Smart TVs).

Desde sua invenção, os smartphones consolidaram seu espaço na sociedade. De acordo com levantamento realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2014, aproximadamente 91,08% dos domicílios possuem telefones móveis. Dentre eles, 51,41% acessam a internet por intermédio deles. Essa popularização também afetou o universo dos jogos, uma vez que são os aplicativos mais baixados. É o que afirma uma pesquisa realizada pela Nielsen (site que analisa o comportamento do consumidor).

A comodidade do Smartphone é um dos principais atrativos. Foto: Reprodução.

Essa inovação tornou-se alvo de empresas especializadas em desenvolvimento de jogos. Games que iniciaram como aplicativos foram adaptados para consoles, como o Angry Birds, o qual ganhou uma versão para Playstation 3, e o Fruit Ninja, que pode ser jogado pelo Xbox. Além disso, títulos que até então pertenciam aos consoles lançaram edição de seus jogos para os celulares, como Pokémon Go e Yu-Gi-Oh! Duel Links.

Samuel de Paiva, 22, estudante de Engenharia Civil, acredita que os celulares são uma plataforma promissora e eficiente. “Acho perfeito. A cada dia os jogos se aproximam mais dos consoles. Claro que em questão de gráfico nunca será igual, mas em questão de história e entretenimento, tem jogos que podem garantir boas horas de jogo”. O estudante ainda destaca a facilidade de uso dos smartphones. “Gosto de jogar enquanto estou em lugares chatos como uma fila ou uma longa viagem. É muito simples. Basta desbloquear a tela do celular e jogar enquanto o videogame é necessário ligar a TV e o próprio console”, explica.

“Acho perfeito. A cada dia os jogos se aproximam mais dos consoles. Claro que em questão de gráfico nunca será igual, mas em questão de história e entretenimento, tem jogos que podem garantir boas horas de jogo”. (Samuel de Paiva)

Dentre as vantagens, a mais recorrente é o preço. Enquanto jogos de consoles podem custar até R$200,00 em seus lançamentos, aplicativos custam em torno de R$4,00 à R$8,00, além da facilidade para fazer o download dos mesmos. Andressa Gomes, 22, estudante de Letras da UECE (Universidade Estadual do Ceará), fala sobre as vantagens dos celulares e o seu preço para praticantes de  videogames. “O celular é o novo ‘brinquedinho dos adultos’. Os jogos acabam se tornando fundamentais para os celulares. É possível carregar o celular no bolso, ou seja, dá pra jogar em qualquer lugar. O console não dá. Fora que nem todo mundo tem condições de comprar um console da Microsoft, Sony ou Nintendo”.

“O celular é o novo ‘brinquedinho dos adultos’. Os jogos acabam se tornando fundamentais para os celulares. É possível carregar o celular no bolso, ou seja, dá pra jogar em qualquer lugar. O console não dá. Fora que nem todo mundo tem condições de comprar um console da Microsoft, Sony ou Nintendo”. (Andressa Gomes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php