Filme conta experiência de aprendiz jornalista com o rock dos anos 1970

Por Letícia Feitosa

A comédia dramática “Quase Famosos”, lançada em 2000, é dirigida e roteirizada por Cameron Crowe e venceu um Oscar de “Melhor Roteiro Individual”. Na trama, William Miller (Patrick Fugit) é um jovem de 15 anos, aficionado por rock, que conseguiu um trabalho na revista Rolling Stone para escrever sobre a primeira turnê norte-americana da banda Stillwater.

O gosto musical de William foi influenciado pelos álbuns que sua irmã, Anita (Zooey Deschanel), lhe deixou de presente. O jovem logo apaixonou-se por rock e virou redator da revista Cream. Após conhecer o crítico Lester Bangs, interpretado no filme por Philip Seymour Hoffman, ele tem a oportunidade de entrevistar a banda Black Sabbath. No show do grupo, William conhece a groupie (fãs que seguiam as bandas) Penny Lane (Kate Hudson), por quem se interessa, e também a banda de abertura Stillwater.

William parte em uma viagem com o grupo e com groupies. Foto: divulgação/Quase Famosos

Sem revelar a sua idade, o rapaz aceita uma proposta, feita por telefone, da Rolling Stone para redigir uma matéria musical, e Miller decide escrever sobre a Stillwater. William parte em uma viagem com o grupo e com groupies, incluindo Penny Lane e, aos poucos, durante a narrativa, ele vai perdendo o foco e se entregando mais à vivência da banda e à atmosfera do rock da época, e menos ao trabalho de retratar a turnê.

O contexto em que o filme está inserido remete ao cenário do rock dos anos 70, contendo na trilha sonora ícones do gênero, como Simon & Garfunkel, Black Sabbath e The Who. De Elton John à Led Zeppelin, as faixas do longa complementam as cenas e transmitem a mensagem do filme, que explora a capacidade da música de conduzir as emoções humanas e unir pessoas. O humor e os personagens cativantes também  conseguem manter a história interessante e nem um pouco cansativa.

A história do longa-metragem foi inspirada nas vivências do próprio diretor.  Crowe, aos 16 anos, viajou com bandas como Led Zeppelin e Allman Brothers, e escrevia sobre essas experiências para Rolling Stone. William Miller é o alter ego do cineasta, que quis contar suas histórias da adolescência nesse filme quase autobiográfico. Cenas do longa são inspiradas em acontecimentos reais, e a banda fictícia Stillwater foi inspirada em três bandas adoradas por Cameron Crowe: Led Zeppelin, Allman Brothers e Lynyrd Skynyrd.

FICHA TÉCNICA:

Gênero: Comédia dramática, Música

Ano Produção: 2000

Direção: Cameron Crowe

Roteiro:  Cameron Crowe

Cinematografia: John Toll

Duração: 122 minutos

Trailer:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php